SEF em Revista - I Semestre 2017 - Page 6

6 JAN-JUN 17

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) assegurou a reposição do controlo nas fronteiras internas - aéreas, marítimas e terrestres - em linha com a resolução do Conselho de Ministros, entre as 00:00 horas do dia 10 de maio de 2017 e as 00:00 horas do dia 14 de maio de 2017.

Nos quatro dias de operação o SEF controlou 413 981 pessoas em todas as fronteiras – internas / intra-Schengen e externas / países terceiros.

Em relação ao controlo nas fronteiras internas, nos 44 pontos de passagem autorizados (9 nas fronteiras terrestres, 9 nas fronteiras aéreas - aeroportos internacionais - e 6 aeródromos definidos para este efeito como fronteiras autorizadas durante este período, e 21 nas fronteiras marítimas) foram objeto de controlo documental, no período da operação, um total de 263 531 pessoas.

Registaram-se 270 interceções para avaliação, das quais 126 resultaram em recusas de entrada, em diferentes pontos de passagem autorizados – situações normais baseadas em irregularidades documentais e ausência de cumprimento de requisitos de entrada em território nacional.

Toda a operação foi planeada e executada com os meios considerados necessários para acautelar a segurança nas fronteiras, tendo estado envolvidos mais de 800 elementos do SEF, incluindo controlo de fronteira na primeira linha e respetivo apoio.

O SEF seguiu a resolução do Conselho de Ministros que determinou um controlo nas fronteiras internas adequado para responder à ameaça, à ordem pública e segurança interna e de forma a reduzir o seu impacto sobre a livre circulação de pessoas, promovendo um controlo de fronteiras em celeridade e segurança.

- / -

Balanço Final da Operação: aqui

Folheto divulgado no âmbito da operação "Fronteira Branca".

OPERAÇÃO FRONTEIRA BRANCA