Riscos que nos ameaçam PD50 - Page 199

Perseverando na reformulação do ensino médico Gastão Rúbio de Sá Weyne O livro em análise, Perseverando na reformulação do ensino médico, é um persistente trabalho de pesquisa realizado pela professora doutora Registila Libania Beltrame, titu- lar da Faculdade de Medicina do ABC e das Faculdades Oswaldo Cruz, ambas no Estado de São Paulo. O livro resultou da Tese de Doutoramento da autora, de mesmo título, aprovada em defesa pública na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC- SP), em 2006. Trata-se de uma obra que defende, com uma clara visão ideo- lógica, a redução das desigualdades materiais e as injustiças sociais no Brasil, no campo da medicina. É uma abordagem sócio -política da reformulação do ensino médico no Brasil. A autora da obra em análise é graduada em Ciências Farma- cêuticas pela Universidade de São Paulo (1971), concluiu o mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de São Paulo (1979), doutorando-se pela Pontifícia Universidade Católica da São Paulo (2006), em Currículos. Atualmente é professora e coordenadora de pós-graduação das Faculdades Oswaldo Cruz e professora titular e Microbiologia e Imunologia da Faculdade de Medicina do ABC. Foi coordenadora do Curso de Ciências Farma- cêuticas do ABC, de 2000 a 2010. Contextualizando o cenário da pesquisa A Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), escolhida como cená- rio para a maior parte do trabalho de campo desta pesquisa, está localizada na Grande São Paulo e é considerada de caráter privado, embora seja uma fundação sem fins lucrativos iniciada por três prefei- turas (Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano). Lembra a autora do livro em análise que, em 1910, a Funda- ção Carnegie, dos Estados Unidos, publicou o Relatório Flexner, contendo uma crítica à situação da Medicina, àquela época, e propondo soluções para a questão. Descrevendo a situação de muitas das 155 Faculdades de Medicina dos Estados Unidos 197