Riscos que nos ameaçam PD50 - Page 18

que imaginávamos. A ideia do partido-movimento é uma tese cada vez mais presente e já um dado da realidade em sociedades mais abertas e avançadas. É algo que pode começar a ser construído também no Brasil. Neste início de ano, o PPS realizou encontros com algumas destas organizações e movimentos cívicos, entre os quais Agora!, Livres, Acredito, RenovaBr, Rede de Ação Política pela Sustentabi- lidade (Raps), Frente pela Renovação, Vem pra Rua e Roda Demo- crática, justamente com o objetivo de estreitar laços e promover ações conjuntas. Tenho participado ativamente destas conversas, ao lado de outras lideranças do nosso partido. Tem sido uma troca interessante que nos permite aprender com os movimentos e, de certa forma, transmitir aos mais jovens um pouco de nossa longa vivência na vida pública. As conversas com estes grupos estão adiantadas, em especial com o Agora!, e o PPS já manifestou sua intenção e recebeu vários destes jovens como filiados para, eventualmente, se candidata- rem nas próximas eleições. É importante ressaltar que todos os militantes destes movimentos que se integrem às nossas fileiras terão autonomia e, inclusive, ajudarão na tomada de decisões do partido, trazendo contribuições, participando dos debates sobre questões políticas e atuando de forma concreta e eficaz. A revolução social e de comportamento que o mundo experi- menta é uma realidade contra a qual não se pode lutar. Tal processo envolve não apenas o avanço das novas tecnologias ou das ferra- mentas de comunicação, mas constitui, fundamentalmente, uma transformação radical na forma como nos relacionamos uns com os outros. Este novo mundo nos afeta a todos, em todos os segmen- tos de atividade, proporcionando o surgimento de novas institui- ções e organizações que substituirão as velhas estruturas. Diante deste cenário, é fundamental que tenhamos uma visão conectada com o futuro e abdiquemos de vícios e valores ultrapassados de um mundo que ficou para trás e não mais voltará. Por tudo isso, entendemos a necessidade e a urgência de inter- pretarmos todo este processo de transformação e estabelecermos um canal direto de comunicação com os novos atores políticos e sociais – por meio das redes e rodas democráticas e dos mais diversos movimentos da cidadania. Só assim tornaremos possível a renovação política tão esperada pela sociedade brasileira. Esta- 16 Roberto Freire