Riscos que nos ameaçam PD50 - Page 151

dem. Nela o político promete mundos e fundos para ascender ao poder, no qual não vai cumprir o prometido. A democracia leva à manipulação demagógica. No poder, o demagogo vai ficando cada vez mais sozinho, tendendo a locupletar-se: ele é o principal bene- ficiário do seu povo. Frustradas as expectativas, ele só se mantém no governo pela força, e pela força é que acaba sendo apeado. Tem-se então a dita- dura militar. Os militares no poder vão tomando gosto pelas benesses do poder, ficam se regalando e corrompendo, privatizam o bem público e acabam perdendo as virtudes militares. Provo- cam assim uma rebelião popular que, ao ter êxito, restabelece a democracia, reiniciando todo o ciclo perverso. Para romper esse círculo, considerado vicioso devido aos enor- mes desgastes e sofrimentos do seu moinho de carne, Sócrates propõe outra forma de governo: a aris