Revista Ice Brasil - Outubro 2017 2017 - Page 16

PAPO DE ESPECIALISTA “O FIM DA APRESENTAÇÃO FOI DOS MAIS GRATIFICANTES QUE JÁ SENTIMOS” Igor Lukanin Isadora Williams conquistou a vaga, mas parte do sucesso também pode ser creditado aos treinadores Igor Lukanin e Kristin Fraser. O trabalho desenvolvido pelos dois nas úl- timas duas temporadas garantiu o salto de qualidade que a brasileira precisava para garantir sua participação nos Jogos Olímpi- cos mais uma vez. Igor e Kristin conversaram com a Ice Brasil para contar detalhes sobre a preparação de Isadora Williams até a disputa olímpica em PyeongChang. Confira: dida, mas tudo o que poderíamos fazer após o trabalho árduo ter sido feito era ficar de pé e animá-la. DANÇA NO GELO DUPLA BRASILEIRA PARTICIPA DO JUNIOR GRAND PRIX DE PATINAÇÃO ARTÍSTICA Isadora conseguiu a maior nota de sua carreira. Como você vê a evolução dela? Karolina Calhoun e Michael Valdez parti- ciparam da Dança no Gelo na última etapa do Junior Grand Prix e garantiram o primeiro índice para o Mundial Júnior Nesta temporada, nós sabíamos que ela precisava de mais dificuldade técnica em seus saltos. Um de seus melhores sal- tos é o triplo-lutz. Portanto, adicionamos um segundo triplo-lutz em seu programa. Também trabalhamos nas combinações triplo-triplo, algo novo para a Isadora, mas que ela teve sucesso na pré-tempo- rada. Estamos ansiosos para adicionar um triplo-triplo em seu programa até os Jogos Olímpicos. Além disso, também desenvolvemos a velocidade e força. Hoje, não é mais aceitável na disputa fe- minina da patinação artística a atleta ser bela e graciosa; ela também tem que ser forte e rápida. Isadora aumentou consi- deravelmente sua velocidade no gelo e continuará a trabalhar nisso. Qual foi a sensação de ver a Isado- ra Williams conquistar a vaga olímpica após todo o trabalho desenvolvido nos últimos meses? O fim de sua apresentação foi um dos mais gratificantes que já sentimos. Nós sabíamos que a Isadora era uma forte concorrente, mas qualquer coisa pode acontecer durante o programa. Assisti-la aterrissar, salto após salto, e manter a força e compostura foi revigorante. Sabí- amos que ela poderia e seria bem suce- 16 Nosso objetivo principal é justamen- te a combinação triplo-triplo. Nós nos esforçamos para ela fazer uma rodada final de competições que irá requerer es- ses saltos em seu programa. Além disso, também queremos o que qualquer trei- nador deseja: um programa limpo! Qual vai ser a preparação de Isadora até a disputa olímpica? Ela vai treinar duas sessões diárias de uma hora e meia, cinco dias por sema- na, até os Jogos Olímpicos. Ela terá um regimento de treino pesado fora do gelo nos próximos três meses, com uma dimi- nuição nas últimas seis semanas ou mais para permitir a recuperação muscular e o treinamento ideal no gelo. Qual será o objetivo para os Jogos Olímpicos? com 38.19 pontos na Dança Curta e 45.95 pontos na Dança Livre. Com o re- sultado, eles garantiram o primeiro índi- ce necessário para participar do Mundial Júnior de Patinação Artística, em março de 2018. Agora, os jovens buscam con- firmar o segundo índice (28 pontos nos elementos técnicos da Dança Livre). Este é o segundo ano de Karolina Ca- lhoun na Dança no Gelo. Na temporada passada, ela competiu ao lado do nor- te-americano Logan Leonesio. Como o parceiro resolveu interromper a carreira para se dedicar à faculdade, ela passou a treinar com Michael Valdez, também dos Estados Unidos, no primeiro semes- tre deste ano. O Junior Grand Prix foi apenas a pri- meira competição da dupla nesta tem- porada. Agora, Karolina e Michael retor- nam ao treinamento com a treinadora Christine Fowler-Binder e devem partici- par de novas competições a partir de no- vembro para confirmar a vaga ao Mun- dial Júnior de patinação artística. Responsável pela estreia do Brasil na Dança no Gelo, a jovem Karolina Ca- lhoun, 17 anos, participou da última eta- pa da Dança no Gelo no Junior Grand Prix de patinação artística desta tempora- da. Ao lado de Michael Valdez, ela este- ve presente na competição realizada em Egna, na Itália, entre 11 e 14 de outubro. Eles terminaram na 15ª colocação, 17