Revista 41 Revista41_final _alta - Page 9

NOSSA HISTÓRIA HÉLCIO NUNAN UMA HISTÓRIA DE AMOR COM O OLYMPICO E O VOLEIBOL Em 1937, um menino de 8 anos iniciava uma inspiradora história com o Es- porte, dando as primeiras braçadas em uma escola de Natação. Sua paixão em movimentar-se foi além das bordas das piscinas e, em 1939, nosso per- sonagem flertou com a ginástica artística. Algum tempo depois, em 1945, começou a se encantar pela bola. Primeiro a de Basquete, trocando-a pela de Futebol em 1951. Mesmo que discreta, mantinha uma paixão pelo Voleibol que não ficou escondida por muito tempo. Era amor verdadeiro! Desde então, não houve outra coisa que chamasse mais atenção de Hélcio Nunan Macedo. Foi jogador e treinador de equipes de Voleibol de base do Olympico e de outros Clubes de Belo Horizonte, da Seleção Mineira e Seleção Brasileira. Em uma breve pesquisa sobre o Voleibol, o nome de Hélcio é facilmente encon- trado como um dos responsáveis por estruturar e revelar importantes nomes na modalidade. São mais de 70 anos dedicados ao Esporte. Entre 1977 e 2018, foi supervisor das categorias de base das Seleções Brasi- leiras Masculina e Feminina, ajudando a formar os campeões olímpicos. Em 2003, recebeu o título de Benemérito da Confederação Brasileira de Vôlei - CBV. Questionado sobre a emoção de contribuir por tantos anos com a Seleção Brasileira, ele fala emocionado: “É incalculável o meu sentimento”. Hélcio relembra os tempos na concentração da CBV, em Saquarema-RJ: “Guardo com carinho toda a receptividade que tinha dos funcionários e dos atletas”. Entre sua coleção de conquistas com a Seleção Brasileira, estão mais de 15 títulos como Supervisor das Seleções Brasileiras de Voleibol Infanto- juvenil e Juvenil. Um dos capítulos mais lindos da história de Hélcio foi escrito no Olympico e ele faz questão de contar: “No Clube, conheci a Rosa, com quem fui casado por 60 anos. Da nossa união, vieram nossos filhos Marília, Marcelo, Rodrigo, Maurício e Alexandre, os oito netos e a bisneta, Valentina”, conclui emocio- nado. Nunan também é ex-presidente da Federação Mineira de Voleibol (1975/1990) e ex-presidente do Olympico Club (1991/1994). O Olympico só tem a agrade- Hélcio Nunan com sua família durante a abertura cer a Hélcio Nunan por sua dedicação e amor ao Clube, e ao Esporte Nacional. do CBI de Vôlei Sub-18. Apoiador da Copa Brasil Interclubes de Basquete Sub-12 2018 Revista do Olympico Club 9