Revista 38 Revista38- slide - Page 8

NOSSA HISTÓRIA O Esporte é, hoje, a política pública que mais contribui para retirar da rua crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, impactando significativamente na redução das desigualdades sociais. Estudos da ONU comprovam a importância do Esporte como fator de desenvolvimento humano e da busca pela paz, reduzindo diretamente os gastos das áreas de saúde e segurança pública, além de muitos outros de forma indireta. O Esporte nacional vive um clima de luto, após a edição da Me- dida Provisória 841 que trata do remanejamento de recursos da área de Esporte para a Segurança Pública, no âmbito do Go- verno Federal (loterias e concursos de prognósticos). Em que pese entendermos que o investimento em segurança é muito importante e emergencial, não será sacrificando ainda mais as políticas sociais que avançaremos na solução do problema da violência no Brasil. Em resumo, todo o trabalho realizado ao longo dos anos pelo Comitê Brasileiro de Clubes – CBC foi bruscamente interrom- pido. Debates entre a entidade e nós, os clubes formadores, pautaram o formato da Política Nacional de Formação de Atletas Olímpicos e Paralímpicos no País, da qual já estávamos colhen- do frutos. Tudo isso fica ameaçado e, o mais grave: a preparação para Tóquio 2020 vai para a UTI. Prova do grave estado em que colocaram o nosso Esporte de Base é o cancelamento de 204 competições dos Campeonatos Brasileiros Interclubes que vinham sendo promovidos com su- cesso pelo CBC, em conjunto com Confederações de diversas modalidades em todo o País e que, só no final de 2017 e iní- cio de 2018, beneficiaram até o momento 9.400 atletas em 59 competições realizadas. Sem a MP 841/2018, havia a previsão de apoio à realização de 263 Campeonatos Brasileiros até 2020, atingindo em torno de 90 mil beneficiados, potencializados quando se considera que, em sua grande maioria, os Campe- onatos são desdobrados (como por exemplo, em provas e/ou categorias de cada esporte disputado). A partir de agora, mantida a MP e sem o apoio do CBC, 204 campeonatos serão cancelados, inviabilizando a política de formação de atletas no Brasil. Fora as participações em com- petições internacionais representando o País que também serão 8 canceladas. Milhares de atletas serão dispensados e haverá o encerramento de atividades esportivas em diversos clubes. Mas as sequelas são ainda maiores! Equipes técnicas e mul- tidisciplinares contratadas pelos clubes formadores a partir do apoio dos recursos financeiros - que até então o CBC contava e eram a garantia para o pagamento do salário de inúmeros pro- fissionais do segmento esportivo - poderão ficar sem emprego. São centenas de técnicos, auxiliares, preparadores físicos e fi- sioterapeutas, um verdadeiro efeito dominó em toda a cadeia produtiva do Esporte. Por meio desta nota, repudiamos o que está sendo feito com a formação de atletas no Brasil, por meio da MP 841. Os clubes foram responsáveis por mais de 80% dos atletas participantes nas duas últimas Olimpíadas. Não há formação de atletas sem os clubes, no Brasil! #lutopeloesporte #contraMP841 Acesse o link acima e vote contra a MP841.