Revista 38 Revista38- slide - Page 13

ESPORTE FUTSAL Supervisor usa sua experiência em busca de Títulos As equipes Sub-11, Sub-13, Sub-15 e Sub-17 de Futsal do Olympico estão bri- gando forte pelo título do Campeonato Metro- politano. As categorias se encaminham para a reta final do primeiro turno e as partidas se tornam cada vez mais decisivas. Sub-11 A equipe Sub-11, atual campeã da competição, quer defender o título, ocupando a 3ª posição na tabela de 2018. Para isso, conta com os atletas Luiz Eduardo e Luca que marcaram 11 e 10 gols, respectivamente. Sub-13 A equipe Sub-13 também quer manter o status de campeã e, as- sim, superar os recém-chegados à competição: Atlético e Cruzei- ro. A equipe Tricolor tem o artilheiro do torneio, João Vítor Moreira, com 14 gols marcados e ocupa a 6ª posição. Sub-15 A equipe Sub-15 ocupa a 4ª posição na tabela de classificação, com 18 pontos. Em nove jogos, ganhou sete e perdeu, apenas, duas partidas. Sub-17 Fechou o primeiro turno em 4º lugar. É a única equipe que já está na segunda fase do torneio. No segundo turno, é o 3º colocado. O Campeonato Metropolitano vai até o dia 30 de setembro, nas catego- rias Sub-11, Sub-13 e Sub-15. Já a categoria Sub-17 tem previsão de término em 31 de agosto. A competição, promovida pela Federação Mi- neira de Futsal, garante vaga no torneio Estadual. Acompanhe os jogos da nossa equipe! Venha torcer por nossos campeões! Conhecido por sua experiência no Futsal, o ex-atleta e atual supervisor e professor da Escolinha, Jorge “Black”, contou sobre os objetivos que ele e o di- retor da modalidade, Walfrido Garcia, projetaram para o ano de 2018. Black é graduado pelo Conse- lho Regional de Educação Física e tem mais de 25 anos de experiência como técnico de Futsal. Entre os principais títulos conquistados estão cinco edi- ções do Campeonato Estadual e 11 do Campeonato Metropolitano. O Futsal do Olympico é um das modalidades que mais conquista títulos para o Clube. Em 2017, foram 10 títulos de expressão, sendo a maioria Estaduais e Metropolitanos. Tantas conquistas são o resultado de um trabalho que começou há 14 anos, quando Black assumiu a supervisão de Futsal do Clube. “O supervisor cria os objetivos, mantém o foco para que as equipes sigam sempre em frente. Estamos fazendo um trabalho em busca de uma vaga em uma competição nacional, esperamos voltar a disputar a Taça Brasil. No ano passado, conquistamos a vaga com o Sub-9, Sub-11 e Sub-13, mas devido à crise que o País vive, não foi possível nossa participação. Os obstáculos acontecem para nos fortalecer”, disse o supervisor. Em 2018, o Olympico aposta suas fichas nas cate- gorias Sub-11, 13, 15 e 17. Para Black, para manter a base solidificada, é importante: “Fazermos reuni- ões periódicas com as equipes e trabalharmos mui- to além da parte técnica e tática. Manter um bom relacionamen- to entre pais, atletas, técni- cos e direção é o segredo para conquistar o que foi plane- jado. Faço isso usando minha experiência para sempre contribuir com o Futsal”. Revista do Olympico Club Em busca de títulos no Campeonato Metropolitano 13