Retrato da Segurança Viária 2018 Retrato da Segurança Viária 2018 - Page 98

METODOLOGIA Número de feridos (2005-2016) Calculado com base no Sistema de Informações Hospi- talares do Sistema Único de Saúde (SIH-SUS), do Da- tasus. Levaram-se em consideração as AIH reduzidas e as causas do tipo V-XX, especificadas no Anexo 2, de acordo com a classificação internacional de doenças CID-10. Assim, foi possível identificar o número de feri- dos em cada município e consolidar o valor por estado. Para obter a taxa de feridos, multiplicou-se o número de casos por 100 mil e dividiu-se o total pelo número de habitantes do respectivo ano, seguindo estimativas de população do IBGE. Cabe ressaltar, ainda, que o histó- rico da base de feridos apresenta inconsistências, cuja deficiência precisa ser ponderada na análise dos dados. Percebe-se claramente também a oportunidade de me- lhora na coleta de dados. Ranking das cidades com melhor e pior desempenho É elaborado com base no índice de óbitos por 100 mil habitantes. Dessa forma, o número de óbitos ocorridos 98 RETRATO DA SEGURANÇA VIÁRIA | 2018 em 2016 em cada município foi multiplicado por 100 mil e dividido pela respectiva população, seguindo as Esti- mativas de População do IBGE. É importante ressaltar que foram desconsideradas as cidades com população inferior a 20 mil habitantes. Para cada estado foi desen- volvido um ranking com esses indicadores. O presente estudo levou em consideração as três piores e as três melhores cidades de cada unidade da Federação. Custo estimado dos acidentes de trânsito O valor foi calculado com base na estimativa fei- ta pelo Ipea/ANTP (Impactos Sociais e Econômicos dos Acidentes de Trânsito nas Aglomerações Urba- nas Brasileiras), que considera o custo médio de- corrido de acidentes de trânsito. O valor total foi de R$ 10.510.783.893,58 e R$ 8.419.370.389,77 para óbi- tos e feridos, respectivamente. Como esses dados fo- ram cotados em 2001, eles foram corrigidos pelo IPCA anual acumulado para que fosse possível correlacioná- -los com os valores de 2016.