Retrato da Segurança Viária 2018 Retrato da Segurança Viária 2018 - Page 13

Distrito Federal — definidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) (figura 4). Para atingir o objetivo, a proposta estabelece um tra- balho conjunto de órgãos de trânsito, transporte, saúde, Justiça e educação — além de agrupar dados levantados por instituições governamentais e privadas. Para cumprir com os objetivos do Plano, o governo prevê a utilização de parte dos recursos do Fundo Na- cional de Segurança e Educação de Trânsito (Funset). Entre as principais ações estão a criação do Fundo de Segurança Viária, a revisão da legislação para estimular a melhoria contínua dos serviços e processamentos dos autos de infração, a ampliação em 20% dos equipamen- tos de fiscalização de trânsito, a criação da Escola Públi- ca de Trânsito, além da implementação de cursos e de mestrados em Segurança Viária. O desenvolvimento de equipamentos de segurança para motociclistas, melhorias em rodovias federais e es- taduais, a ampliação da cobertura do Samu nas estradas e a adequação das unidades hospitalares existentes nas rodovias também estão no papel. Outras iniciativas já em O Pnatrans prevê a criação de... ...um Fundo de Segurança Viária ...uma Escola Pública de Trânsito ...cursos e mestrados em Segurança Viária Figura 2 - Relação entre crescimento da frota e histórico de óbitos entre 2005 e 2016 Frota Frota Frota 2005 30.478.252 2005 8.155.166 2005 2.493.808 2016 61.938.226 2016 25.302.727 2016 4.277.630 Crescimento de 103% Crescimento de 210% Óbitos Crescimento de 101% Óbitos Óbitos 2005 7.453 2005 5.995 2005 916 2016 9.085 2016 12.085 2016 932 Crescimento de 22% Crescimento de 101% Crescimento de 2% Fonte: Retrato da Segurança Viária 2018 RETRATO DA SEGURANÇA VIÁRIA | 2018 13