O queijo de coalho em Pernambuco: histórias e memórias - Page 11

Agradecimentos AGRADECIMENTOS A todas as entidades que aceitaram apoiar e financiar esta pesquisa: Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI), Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE), a Universidade de Pernambuco (UPE), a Companhia Editora de Pernambuco (CEPE), a Empresa Rancho Alegre, a Agroindústria Meridional (AGROM), a Associão de Certificação do queijo de Coalho do Agreste de Pernambuco - CQP e a Revista Engenho. Às pessoas que se sensibilizaram para incentivar, apoiar e contribuir com este estudo ao longo dos anos: Ângela Cristina Moreira do Nascimento, Cláudio José Marinho Lúcio, Iana Maria Campello Passos (SECTMA-PE); Moshe Dayan Fernandes, Givaldo de Souza Carvalho, Alison Diego Feitosa Garcia, (SEBRAE); Sergio Machado Rezende (MCT), José Luiz de Lima Filho (UFPE/Lika); Jose de Anchieta Martins Vieira, Lia Treptow Coswig (MAPA); Frederico Cavalcanti Montenegro, José Geraldo Eugênio de França, Marcia Maria Pereira Lira, (ITEP); Warner Silva (Associação dos Criadores de Pernambuco); Philippe Martineau (Consulado Geral da França em São Paulo); Ascendino Flavio da Silva (UFPE/CECINE); Leonardo José Barbosa da Silva Junior (Revista Enge- nho); Maria José de Sena (UFRPE); Alba Lucinia Siqueira (IPA); Pedro Henrique de Barros Falcão (UPE). Aos colegas do ITEP pelo incentivo e pelo suporte logístico e administrativo à execução deste trabalho. Aos responsáveis das associações, cooperativas, empresas e produtores que participaram e permanecem firme nessa longa caminhada para melhorar as condições de vida da sua família, dos seus vizinhos, dos seus amigos ao lutam pelo reconhecimento e valorização da cultura local que neste espaço se identificam com a produção do queijo de coalho; salientando aqui o papel pioneiro da Associação de Certificação do Queijo de Coalho do Agreste de Pernambuco – CQP. Às pessoas que contribuíram com os seus comentários construtivos e seus conselhos judiciosos. Aos membros da equipe técnica que tiveram um papel fundamental na melhoria do nosso manuscrito, lapidando, e acrescentando informações complementares à organização deste trabalho. Essa equipe composta por Leonardo José Barbosa da Silva Junior (articulação e revisão geral); Sergio Lobo de Oliveira (realização das fotos e captação de imagens de domínio publico), Moshe Dayan Fernandes, Francisco de Oliveira Neves, Romualdo Morais Filho, Gilberto Paixão Filho, Fernando Aguiar Filho, Vânia Freire Lemos, (disponibilização de fotos e material ilustrativo), Othon Cesar Vasconcelos Silva (diagramação), Alexandre Yuri Ferreira de Assis e Lucas Tiago Barros de Lima (revisão do livro). Aos alunos da UPE, bolsistas Givanildo Pachêco Aquino Filho e Fábio Henrique Machado de Vasconcelos em sua colaboração na aplicação de entrevistas e registros fotográficos. De maneira especial a Nadine Ballot, Coordenadora do Pôle Fromager AOC Massif Central e Centro Nacional das Denominações de Origem Leiteira na França (CNAOL), que por sua sensibilidade e disponibilidade trouxe o grande apoio aos produtores de queijo de coalho de Pernambuco. Aos membros do Comitê Estratégico da Pecuária Leiteira de Pernambuco (CEPLEITE) pelo apoio e luta que travam ao longo dos anos para desenvolver a atividade leiteira no Estado de Pernambuco, buscando melhorar os indicadores socioeconômicos da Bacia Leiteira do Estado na perspectiva de uma vida melhor que se qualifica na cultura. A todos aqueles e aquelas, representantes da sociedade mais ampla, das esferas governamentais e não governamentais, que tiveram suas ações voltadas à melhoria da produção leiteira e seus derivados, contribuindo com a extensão da qualidade de vida, ao priorizar alimentação saudável, sustentabilidade à vida familiar com o fortalecimento de produtores de leite e seus derivados do Agreste pernambucano, em especial do queijo de coalho, o nosso OBRIGADO! 9