Nómadas 02 - Page 6

Raposa com recurvo, por Sérgio Ramalho Nómada portugués, Sérgio nos relata su primer lance con un zorro y con equipo tradicional. Depois de ter sido convidado para verificar uma extensão de árvores de fruto que andava a ser bastante visitada e danificada pelos nossos amigos javalis, não foi difícil perceber a enorme frequência em que era visitado este espaço. Percorri o perímetro de forma a tentar descobrir os locais onde seria possível passarem a fim de escolher um local para fazer espera. Antes de desaparecer o sol já estávamos no local eu e o meu colega de caça Nuno. Todos os fatores indicavam que os javalis andavam próximos, bastou o sol desaparecer para começar a ouvir as patas de um javali a descer uma encosta em direção a nós. Durante uns 15 minutos andou próximo de nós, uns 12mts a 20mts, mas a visibilidade era bastante reduzida o qual não deu para efetuar um disparo. No dia seguinte, eram cerca de 20h e já estávamos a sondar o local novamente a fim de escolher o sitio para fazer a espera. Cerca das 20h40, em pleno dia, o meu colega Nuno viu um vulto por entre os pés das árvores de fruto. De início não me soube dizer ao certo o que tinha visto, só momentos depois conseguimos ver que era um javali e vinha em nossa direção, tinha uns 70kg talvez, um pouco grande para os nossos recurvos. Ao ver o animal vir, já que estávamos sentados no chão sem qualquer