Master of Simplicity Magazine #4 Julho/Agosto 2017 - Page 54

BEM ESTAR

Todos os anos, novos produtos industrializados para o cabelo surgem nas prateleiras de supermercado, convidando-nos a comprá-los. Numa sociedade onde o consumo tornou-se compulsivo, reflectir sobre os ingre-dientes de determinados produtos e até mesmo a conduta ética das empresas dos mesmos não entra na hora de fazer as compras. Para além disso, os preços praticados costumam ser cativantes, precisamente para persuadir e atrair mais consumidores, somando a ideia de imprescin-dibilidade à acessibilidade financeira.

Um dos aspectos mais positivos quando abraçamos o minimalismo é conseguirmos largar o descartável, focando-nos no que é verdadeira-mente essencial. Aprendemos que não necessitamos nem metade daquilo que nos é posto e imposto para comprarmos, sem que isso coloque em causa as nossas necessidades. Ter um cabelo bonito e saudável é uma delas, facilmente conseguido com o que a natureza tão gentilmente nos oferece: óleos vegetais, substitutos perfeitos de vários produtos repletos de químicos e com efeito a curto prazo.

O mais conhecido é o óleo de coco: todos já ouviram falar da sua versatilidade, que tanto serve para cozinhar como para completar outros cuidados de beleza, incluindo a do cabelo. Uma vantagem do óleo de coco é que penetra na fibra capilar, contrariamente a outros que revestem somente a superfície. Pode ser aplicado 15 a 60 minutos antes da lavagem do cabelo ou durante a noite inteira, com o cabelo arrumado numa touca própria. O resultado é um cabelo brilhante, leve e bastante macio, sem vestígios de pontas espigadas.

Por falar em pontas espigadas, outro óleo eficaz em combatê-las é o de amêndoas doces. As suas propri-edades ultra hidratantes, o que fazem dele também um aliado contra a pele seca, suavizam o cabelo seco e castigado e conseguem fechar as pontas já abertas.

Já o óleo de rícino é importante para a saúde do cabelo, o que se refletirá na sua beleza. A sua aplicação e penetração no couro cabeludo, através de massagens circulares com os nós dos dedos, ajuda a fortalecer e a prevenir a queda de cabelo, tornando-o mais robusto e mais denso. As suas propriedades antimicrobianas e antibacterianas também bloqueiam o surgimento de caspa e, assim como o óleo de coco, hidrata os fios por dentro, revestindo-os com uma camada protectora.

Enfim, cuidar dos cabelos pode ser mais acessível e salutar do que aquilo que estamos habituados.

Cuidar o cabelo

com óleos naturais