Inominável Nº 3 - Page 30

Braços descobertos, costas ao vento e calções bem curtinhos, assim idealizamos a primavera que se aproxima colorida. É tempo de repensar um investimento no ginásio, ou numas corridas ao ar livre. Para rentabilizares o teu treino ao máximo, é fundamental que adotes uma alimentação adequada, antes e depois, que permita ao teu organismo usufruir ao máximo do treino sem menosprezar o seu equilíbrio. Curioso(a)? Toma notas!

O que comer antes

e depois do treino?

WORKOUT

Antes do treino

Nesta refeição, o ideal será complementar alimentos de rápida absorção - que proporcionem energia para o início do treino - com alimentos de lenta absorção - permitindo manter o rendimento até ao fim. A escolha de alimentos deve ser personalizada de acordo com os teus objetivos:

A) Aumentar a massa muscular: Hidratos de carbono de absorção rápida + hidratos de carbono de absorção lenta cereais integrais + fruta, por exemplo.

B) Perda de massa gorda: Apostar em alimentos mais proteicos, podendo adicionar hidratos de carbono de absorção lenta batidos e barras proteicas, ovos...

(Evita gorduras, para diminuir o desconforto gástrico.)

por Rita Fonseca

Uma refeição pré-treino é fundamental para garantir a energia e o rendimento durante todo o exercício. Deves optar por fazê-lo cerca de 1 a 2 hora antes, adaptando contudo ao teu horário pessoal:

- Caso tenhas feito uma refeição completa (pequeno-almoço ou almoço, por exemplo) até 3 horas antes, então não necessitarás de uma refeição adicional;

- Se, por outro lado, só tens oportunidade de fazê-lo 30 minutos antes, opta por alimentos de absorção rápida e digestão fácil - exemplos: bebida energética ou fruta.

30