Inominável Nº 2 - Page 46

A Catedral de Madrid honra a padroeira da cidade, a Virgem de Santa Maria la Real de la Almudena, e foi considerada a catedral nova mais velha de sempre:colocadaa primeira pedra da construção em 1883, apenas foi inaugurada oficialmente pelo Papa João Paulo II em 1993 – e alguns espaços ainda não estão completamente terminados. Tem uma mistura de vários estilos “neo”, mas o interior é de cariz essencialmente moderno, com os tectos e vitrais coloridos e o retábulo do altar principal a contrastarem com o branco dominante na nave. Arejada e com uma decoração menos “pesada” do que outras congéneres, é perfeita para uns momentos de calma espiritual e recolhimento, mesmo para quem não é crente.

CATEDRAL DE LA ALMUDENA

TEMPLO DE DEBOD

Parece estranho encontrar um templo egípcio numa zona central de Madrid, bem perto do Palácio Real e da Catedral; poderíamos até pensar que se trata de uma imitação. Mas na verdade não é. O Templo de Debod é um monumento núbio genuíno, cujas origens remontam ao séc. II a.C., e que foioferecidoem 1968 a Espanha pelo governo egípcio como agradecimento pela ajuda na relocalização dos templos de Abu Simbel.A sua instalação ficou concluída em 1972 e é possível visitar o interior.

46

Estrategicamente colocado no centro de um espelho de água, tem à sua volta um agradável parque que muitos madrilenos utilizam para descansar nas horas de maior calor. Se o céu estiver limpo, programem a visita ao Templo para o final da tarde, pois é um dos melhores locais para assistir ao pôr-do-sol em Madrid.