Inominável - Ano 2 Inominável Nº9 - Page 11

Nº 9 - Agosto 2017

11

No entanto, os anos que antecederam este filme, que é de 1952, vinham justamente marcados por um actor e respectivos pares femininos, numa extensa série de longas metragens que fizeram as delícias de muitos espectadores. Falo obviamente de Fred Astaire, por muitos considerado o rei da dança cinematográfica.

Talvez os mais novos que lerem esta breve prosa jamais tenham ouvido falar do galã dos anos trinta e quarenta, mas Astaire foi quiçá o grande impulsionador dos grandes filmes musicais em Hollywood, muito devido ao sucesso das suas fantásticas actuações, para as quais era extremamente rigoroso e perfeccionista.

É também certo que os seus brilhantes pares femininos ajudaram, e de que maneira, àquele sucesso. Recordo aqui um dos mais belos momentos com Ginger Rogers, talvez o par feminino mais perfeito para a dança de Fred Astaire.

Não são muitos os filmes onde música, cinema e dança se conjuguem de forma bem pensada e divertida. Faço aqui uma ressalva para os filmes de “Bollywood” onde há muita música, dança e qualidade… claramente duvidosa.