Inominável Ano 2 Inominável Nº6 - Page 53

Nº 6 - Fevereiro 2017

53

Michelangelo Buonarroti nasceu no dia 6 de Março de 1475 em Caprese. Passadas poucas semanas do seu nascimento a família regressou a Florença, de onde era originária. Desde muito cedo demonstrou uma grande ambição artística. A sua primeira formação artística foi em 1488 na oficina de Domenico Ghirlandaio. Em 1489 passou a estudar escultura com Bertoldo di Giovanni, graças ao mecenato de Lourenço de Medici, o Magnífico. Governante respeitado e patrono das artes, transformou o seu palácio em morada de artistas e filósofos. Miguel Ângelo foi para Roma em 1496, e aí esculpiu uma das suas grandes obras: a pedido de um cardeal francês, ele esculpiu “Pietà”, que se encontra na Basílica de São Pedro no Vaticano. Esta “Pietà” é um ponto fundamental na evolução espiritual do artista. Ele revelou ao mundo esta impressionante cena de dor, de amor materno e morte, com apenas vinte e dois anos de idade. Esta escultura demostra a sua personalidade e rompe com todas as formas escultóricas tradicionais. Com uma audácia própria, Miguel Ângelo coloca o corpo nu de Jesus sobre as pernas de sua mãe, surpreendentemente jovem. Ela parece petrificada pela dor, que se funde no seu rosto com uma expressão de quase doçura.

A harmonia espiritual e formal concede a esta escultura uma força quase sobre-humana. Miguel Ângelo consegue “libertar” estas duas figuras, tornando-as completamente reais. Posso dizer que estar perto desta escultura transmitiu-me serenidade absoluta. Por momentos senti, bem perto, a alma do artista.

Pietà - Basílica de São Pedro