Inominável Ano 2 Inominável Nº6 - Page 30

30

O Carnaval, também conhecido como Entrudo, é uma festa pagã que se comemora em Portugal sempre a uma terça-feira, 47 dias antes do domingo de Páscoa. É uma época de muita diversão, alegria, brincadeiras e muitas risadas.

por Dona Pavlova

O Carnaval começou a ser festejado como forma de agradecimento aos deuses pela boa colheita do ano. Atualmente é apelidado de “o adeus à carne” e marca a véspera de um período de jejum e de algumas privações antes de se iniciar a quaresma. É hábito as pessoas degustarem verdadeiros manjares nos dias anteriores como forma de prepararem o período de jejum e privação que se avizinha.

No nosso país é também uma época de Desfiles de Carnaval. Decorrem em diversas cidades do país como Ovar, Estarreja, Torres Vedras, Loulé, etc., onde por norma é feita uma crítica social a diferentes níveis, recorrendo sempre ao sentido de humor para satirizar o estado da sociedade. Há verdadeiras romarias aos locais dos desfiles e há, também por isso, diversas roulotes para alimentar os foliões.

Nesses espaços nunca podem faltar as farturas e os churros, verdadeiras iguarias que fazem as delícias dos mais novos e dos graúdos também. Assim, trago-vos 2 receitas, uma de farturas e outra de churros; ao contrário daquilo que muita gente pensa, estas duas iguarias não são diferentes apenas no tamanho, a própria massa é diferente, pois os churros levam ovos, açúcar e a massa é cozida, enquanto que as farturas não.

Para além disso, são receitas muito simples e práticas, precisando apenas de uma máquina chamada “dispara biscoitos” ou de um saco de pasteleiro com 2 bicos de pasteleiro, um mais fino para os churros e outro mais grosso para as farturas:

Carnaval