Inominável Ano 2 Inominável Nº5 - Page 30

Reza a lenda que o Bolo Rei representa os presentes que os três Reis Magos deram ao menino Jesus aquando o seu nascimento, tendo pois mais de 2000 anos. A côdea representa o ouro, as frutas (cristalizadas e secas) representam a mirra e o aroma do bolo representa o incenso. A verdade é que a forma do bolo aparenta uma coroa cheia de pedras preciosas.

Para além desta simbologia, a fava e o brinde, que caíram em desuso alegadamente por questões de segurança e higiene alimentar, também têm uma explicação segundo a lenda: os reis magos, quando viram a estrela que anunciava o nascimento de Jesus, disputaram entre si quem seria o primeiro a ofertar o menino. Como não se entenderam, um padeiro confeccionou o bolo e colocou-lhe a fava e o que a apanhasse seria o primeiro a entregar o presente ao menino. Segundo a lenda, não se sabe a quem saiu a fava e quem foi o primeiro a entregar o presente. Até há bem pouco tempo, a quem saísse a fava teria como dever pagar e ofertar o Bolo Rei seguinte.

Dezembro é o mês da chegada do inverno e do frio.

É também o mês do Natal e é o tempo daquelas receitas que nos deixam com água na boca e que nos fazem pecar…

Por isso, não podia deixar de vos trazer uma receita fantástica, ex-libris desta época, do nosso país: o Bolo Rei. E para não fugir ao tema desta Inominável,“Fogo”, aconselho a fazerem esta receita nos fornos a lenha tradicionais… não se irão arrepender! Mas antes, fiquem com a lenda do

30

BOLO REI

por Dona Pavlova