Informativo ABECO Informativo No 14 (jan-abr 2019) - Page 6

INFORMATIVO ABECO | Edição Nº 14 principais disciplinas em mudanças climáticas globais, algo que ainda não se discutia muito até o final dos anos 90, e define também, na atualidade, uma área importante e ainda com muito a ser explorada, a Ecologia Temporal. Ainda entre as oportunidades na minha fase de formação, uma bastante única foi a de organizar um livro sobre a Serra do Japi, onde trabalhei durante o meu mestrado. Aceitei o desafio proposto pelo meu orientador e, paralelamente ao meu doutorado, organizei esse que acabou sendo o primeiro livro em história natural de um ecossistema brasileiro (História Natural da Serra do Japi: Ecologia e Preservação de uma área Florestal No Sudeste do Brasil). O livro foi concluído em 1991, quando também defendi meu doutorado, foi publicado em 1992 e ganhou, em 1993, o prêmio Jabuti de literatura em ciências da natureza. Este fato me ensinou, logo cedo, a olhar o trabalho de orientação como o de criar oportunidades e incentivar caminhos inovadores em pesquisa. Ajudou a entender como trabalhar com grupos 6 de pessoas e pesquisadores de diferentes áreas de atuação, já que o livro é composto por capítulos de vários autores, e também, a entender a importância do apoio de pesquisadores experientes, que colaboraram no livro, a uma jovem pesquisadora como eu, que definiu o sucesso dessa empreitada. Mas a produção mais importante em 1992 foi o nascimento de minha filha Alice. É difícil, mas possível e muito recompensador, ter uma vida acadêmica e pessoal produtivas, mas há que se ter um compartilhamento das rotinas domésticas e tarefas parentais. Torre de observação fenológica Foto: Patrícia Morellato Outras oportunidades do meu período de formação foi a docência em disciplinas de graduação e pós – sempre que havia oportunidade eu estava pronta a dar uma aula ou prestar monitoria – e a orientação de graduandos, que possibilitou a colaboração com quem viria a ser meu primeiro orientado e até hoje colega e colaborador. Pedi também meu primeiro financiamento ao CNPq e ganhei apoio para fazer uma pequena estadia nos laboratórios do Dr. Kamal Bawa e participar de minha primeira conferência internacional, no México. Ainda antes de doutorar, submeti pedido de bolsa de pesquisa ao CNPq. O projeto foi aprovado e, portanto, sou bolsista PQ do CNPq desde que me doutorei. Olhando em retrospectiva, estou certa que aproveitei muito bem esta fase de minha vida acadêmica. Hoje as oportunidades são muito maiores e as facilidades também, descortinando muitas opções aos jovens pesquisadores. O cenário político atual é contra o conhecimento, o ensino, a pesquisa, enfim contra a razão. Mas não devemos ou podemos desistir. Assim