Informativo ABECO Informativo No 14 (jan-abr 2019) - Page 3

INFORMATIVO ABECO | Edição Nº 14 SinBiose: novo programa de pesquisa é criado pelo CNPq Foi publicado no DOU em 29 de março passado o documento que institui o Programa Centro de Síntese em Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos – SinBiose, pelo CNPq (RN- 007/2019). O programa, gestado durante o ano de 2018, tem a missão de “produzir sínteses de dados e conceitos de elevado padrão internacional, com ênfase em projetos relacionados com problemas atuais em biodiversidade e serviços ecossistêmicos, levando a resultados socialmente relevantes”. Num país com múltiplos desafios ambientais, o centro deve atuar como intermediário entre ciência e política, auxiliando no desenvolvimento de cenários, estratégias e soluções, além de identificar lacunas de 3 conhecimento e problemas ambientais emergentes. Para Mercedes Bustamante, coordenadora do comitê de implementação do Centro e associada ABECO, um centro que visa a elaboração de sínteses abrangentes do conhecimento teórico e aplicado já vinha sendo pensado há tempos. “A ideia de um centro de síntese no Brasil já vinha sendo discutida pela comunidade científica sobretudo no âmbito das iniciativas de pesquisas ecológicas de longa- duração. No cerne das discussões estavam questões sobre como utilizar dados e informações já disponíveis para gerar novo conhecimento e poder oferecer respostas a problemas complexos que demandam novas ferramentas de análise”, afirma. O SinBiose deve oferecer as condições para à produção de sínteses científicas de alto impacto em questões relacionadas à biodiversidade e serviços ecossistêmicos associados. O lançamento do SinBiose contrasta com o panorama atual do país, onde está havendo mudanças bruscas na política ambiental e de corte profundos no financiamento à pesquisa. “Estamos trabalhando na captação de recursos e há uma aceitação muito boa por parte das agências de fomento, em particular o CNPq que encampou a iniciativa do Centro”, pondera Mercedes. Para ela, mesmo com o contingenciamento que está afetando o sistema de Ciência e Tecnologia, é ainda possível conseguir os recursos iniciais para conduzir as primeiras sínteses. O SinBiose funcionará com um Comitê Consultivo, com funções relacionadas à identificação de oportunidades e demandas, um Comitê Executivo, que fará a gestão estratégica, e um