Informativo ABECO Informativo No 12 (mai-ago 2018) - Page 21

INFORMATIVO ABECO | Edição Nº 12 3) Incluir o conhecimento disponível nas tomadas de decisão ambiental. Uma iniciativa nesse sentido é a Conservation Evidence (https://www.conservatione vidence.com/), já com participação brasileira; 4) Regulamentar e fortalecer políticas que promovam a valoração de serviços ecossistêmicos e a conservação da vegetação nativa florestal e não florestal; 5) Estabelecer políticas de prevenção e mitigação de catástrofes que causam danos ambientais (como no caso de Mariana) e ao patrimônio histórico e natural (como no caso do Museu Nacional); 6) Fortalecer as políticas de incentivo à restauração da vegetação nativa , particularmente na Mata Atlântica, o bioma mais destruído no Brasil (http://www.pactomataatla ntica.org.br), criando oportunidades capazes de beneficiar a biodiversidade, o bem-estar humano e as economias locais; 7) Investir em infraestrutura básica, como o tratamento de efluentes; 8) Combater o trabalho escravo e respeitar povos indígenas, comunidades tradicionais e defensores de causas ambientais e sociais no país; 9) Manter o compromisso com acordos internacionais, incluindo a mudança de matriz energética determinada pelo acordo de Paris (com redução de 37% de emissões de carbono até 2025; http://www.mma.gov .br/clima/convencao-das- nacoes-unidas/acordo-de- paris); 10) Fortalecer uma política externa de apoio a iniciativas de conservação e desenvolvimento sustentável, particularmente a países em desenvolvimento e da América Latina. vanguarda do desenvolvimento social, tecnológico e ambiental do mundo (http://tinyurl.com/y 74n9dqp); 21