Informativo ABECO Informativo No 12 (mai-ago 2018) - Page 10

INFORMATIVO ABECO | Edição Nº 12 Concluindo meu curso de Bacharelado, era natural escolher uma pós- graduação. No final de 1988, a Prof. Marta era credenciada no PPG de Zoologia da PUCRS e estava interessada em que eu continuasse meus estudos com ela. Mas naquela altura de minhas experiências profissionais optei por seguir minha formação acadêmica junto à Ecologia. Nesta mesma época um projeto de pesquisa estava sendo realizado no Centro de Ecologia da UFRGS, a respeito de aspectos limnológicos da Lagoa Emboaba, uma lagoa costeira do litoral do RS, sob uma perspectiva integradora, buscando entender os vários compartimentos biológicos deste ecossistema. Junto com a então colega de laboratório de Ictiologia, hoje Diretora do Instituto de Biociências da UFRGS, Profa. Clarice Fialho, fomos conversar com o coordenador do projeto, Dr. Ozório Fonseca, que aceitou que trabalhássemos no projeto, desde que fossemos aprovadas no Curso de Mestrado do PPG Ecologia da UFRGS. Assim, ingressei no Mestrado em 1989, sob 10 orientação do Prof. Geraldo Barbieri (que considero meu pai científico), então professor da Universidade Federal de São Carlos e que juntamente com outros dois professores (Drs. José Roberto Verani e Alberto Carvalho Peret), foram credenciados no PPG da UFRGS, através de um convênio com o PPG de Ecologia e Recursos Naturais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), São Paulo. Na época, eu e Clarice continuamos trabalhando no Laboratório de Ictiologia e, juntamente com o colega de curso Willi Bruschi Júnior, montamos um grupo de trabalho em ecologia de peixes, que viria a influenciar e formar muitos outros pesquisadores nesta área no futuro. Em meu mestrado desenvolvi um projeto sobre a dinâmica populacional de uma espécie de peixe da Família Curimatidae (peixes caracídeos muito abundantes, a maioria detritívoros) no qual foi alvo de minhas publicações subsequentes ao estudo dos morcegos, desenvolvido na FZB. Ao final de 1991 optei por ingressar, em 1992, no Curso de Doutorado em Ecologia e Recursos da UFSCar por já conhecer a universidade e seus professores, e continuar sob a orientação do Prof. Geraldo Barbieri. No entanto, não queria continuar a realizar estudos sobre dinâmica populacional. Sentia vontade de ampliar meus horizontes, de trabalhar na área de Ecologia de Comunidades e Ecossistemas. Novamente à mesma época, o Centro de Ecologia estava montando outro projeto integrado sobre outra lagoa costeira do RS, Lagoa Caconde, coordenado pelo Prof. Albano Schwarzbold, que aceitou minha proposta de pesquisa junto ao projeto, de conhecer a dinâmica espaço- temporal da comunidade de peixes da lagoa e a importância destes na cadeia trófica do lago. Assim, montei o projeto e com ele fui aprovada no Doutorado a UFSCar. Nesta mesma época o Departamento de Ecologia na UFRGS havia sido criado, fruto da competente gestão do Prof. Tuiskon Dick, mentor político e científico do Centro de Ecologia na UFRGS. Com a criação do Departamento novas vagas de docentes surgiram e alguns concursos foram