Informativo ABECO Informativo No 11 (jan-abr 2018) - Page 6

INFORMATIVO ABECO | Edição Nº 11 6 PERFIL DO ECÓLOGO A TRAJETÓRIA DE UM ECÓLOGO NO INTERIOR DO PARANÁ por Angelo Antônio Agostinho Professor Titular Aposentado da Universidade Estadual de Maringá – UEM com estratégia “oportunista” em prioridade. Embora ÂNGELO AGOSTINHO O perfil de algumas pessoas é resultante do que elas mesmas traçaram para sua vida, a conduzindo de acordo com o planejado (estão mais próximas a uma estratégia de vida de equilíbrio sensu Winemiller, 1989), com alguma interferência secundária do ambiente social, sendo as suas metas perseguidas com afinco. Já o de outras pessoas é moldado pelas circunstâncias enfrentadas durante a vida, sendo intensas as interações com o ambiente social e frequentes os ajustes de suas pretensões e ideais às circunstâncias vigentes (isso está mais próximo à estratégia oportunista, relatada por Winemiller). A despeito da má-reputação da nossa sociedade, algumas vezes associada à esperteza, outras à comodidade (“deixa a vida me levar”, sensu Zeca Pagodinho), devo confessar que meu perfil se ajusta melhor ao segundo caso, tanto nas decisões que me levaram à área biológica, como em minha participação na estruturação de um núcleo de pesquisas (o Nupélia). O resultado disso é motivo para regozijo, mas também algumas pequenas frustrações. O regozijo está numa vida acadêmica bem- sucedida em uma universidade estadual do interior (que não tem FAPESP) e em um grupo de pesquisas muito bem estruturado, com enorme contribuição para a ecologia aquática. O desalento foi o de jamais ter uma estadia no exterior por um tempo superior a 20 dias, claro que por uma questão de várias palestras, projetos, reuniões e organização de eventos científicos no exterior, essa foi uma restrição que até hoje não me dá conforto com a língua inglesa e que recomendo aos jovens pesquisadores evitar. Meu início no magistério foi circunstancial, dado que em minha cidade natal (Santo Inácio-PR), parte do ensino fundamental (ginásio e colégio) era destinada a formar professores. Já o fascínio pelas Ciências Biológicas surgiu ao frequentar um curso de saneamento básico oferecido pela Secretaria de Saúde do Estado do Paraná. Posteriormente, aprovado no vestibular para o curso de Farmácia e Bioquímica da Universidade Estadual de Londrina, antes de iniciá-lo, tive a primeira oportunidade de uma opção consciente