Edição 564 Novembro/Dezembro OE_564_final - Page 17

A e r o p o r t o s / C o n ce s s õ e s Obras nos terminais e pistas se iniciam em 2018 Perspectiva do projeto do Aeroporto de Florianópolis (SC) Os quatro aeroportos recém-concessionados – Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Fortaleza (CE) -, desde que foram assinados os contratos de concessão, no final de julho, passam por melhorias básicas e emergenciais, incluindo reformas em banheiros, sistemas elétricos, de iluminação, climatização e de movimentação interna (elevadores e escadas rolantes). Já as intervenções mais severas, que exigirão obras pesadas, pelo cronograma da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), devem co- meçar até o quarto mês de 2018, e perdurar durante todo o ano de 2019. Essa etapa se refere à fase 1B de investimentos obrigatórios – a fase 1A se relaciona aos trabalhos de melhorias imediatas, citadas an- teriormente. A chamada fase 2, que durará até o final de contrato das concessões, está vinculada a um gatilho de investimentos e atrela-se ao crescimento da movimentação dos aeroportos, além de trabalhos de manutenção e outros prescritivos. O Aeroporto Internacional de Florianópolis (SC), sob concessão da Zurich International Airport AG e prazo de contrato de 30 anos, tem como principais obras: - Construção de novo terminal com capacidade para processar simul- taneamente 1.330 passageiros no embarque doméstico e 370 no em- barque internacional, e 1.290 passageiros no desembarque doméstico e 310 no desembarque internacional. O novo terminal terá 66 mil m². - Pátio para 16 aeronaves, sendo que 10 posições de estacionamento de aeronaves devem ser atendidas por pontes de embarque (fingers). Investimento mínimo no período de concessão: R$ 988 milhões O Aeroporto Internacional de Fortaleza (CE), sob concessão da Fraport AG e prazo de contrato de 30 anos, tem como principais obras: