Edição 562 Julho/Agosto revistaOE562_V2b_11OUT - Page 42

a e r o P o r t o s Ampliação no terminal de Vit�ria (ES) demanda R$ 533,3 mi Em fase final de obras, aer�dromo mais do �ue dobra de taman�o Au�usto Diniz O aeroporto de Vitória (ES) está passando por extensas obras. De acordo com a Infraero, administradora do aeródromo, os trabalhos preveem um novo terminal de passageiros, com dois pisos e 29,5 mil m² de área total construída, e 31 balcões de check-in, além de previsão de 60 pontos comerciais, seis po- sições de embarque e desembarque em pontes (fi ngers) e cinco posições remotas (sem o auxílio das pontes). O terminal existente tem capacidade operacional de 3,3 mi- lhões de passageiros/ano. Com o novo terminal, a capacidade do aeródromo saltará para 8,4 milhões de passageiros/ano. O aeroporto tem hoje apenas sete posições remotas de embarque. Além disso, o projeto prevê um pátio para trânsito e esta- cionamento de aeronaves com 58,1 mil m²; uma nova pista de pousos e decolagens, com 2.058 m de comprimento e 45 m de largura, e dez novas pistas de taxiamento, interligando a nova pista ao pátio de aeronaves. O total do investimento é de R$ 533,3 milhões. Os serviços estão sendo executados pelo consórcio integrado pela Jota Ele, Perspectiva de como fi cará o novo terminal de passageiros 40 | | J u l h o /A g o s to 2017 Exxa e Basalto, responsável também pelo projeto. As obras fo- ram iniciadas em junho de 2015, com previsão de término para o fi nal deste ano. Em 2016, segundo a Infraero, o aeroporto de Vitória mo- vimentou 3.120.166 passageiros, contando embarques e de- sembarques, registrando 46.737 movimentações de aeronaves, incluindo pousos e decolagens. FASE FINAL A Infraero informa ainda que as etapas que restam das obras consistem na instalação dos equipamentos elétricos e eletrônicos, pontes de embarque, elevadores, escadas e esteiras de bagagem, concretagem fi nal do pátio de aeronaves, sinali- zação horizontal e vertical, e acabamentos internos e externos do novo terminal de passageiros. Também serão feitas nova área de apoio aos taxistas, e conclusão das cercas operacionais e patrimoniais. Por fi m, a conclusão da pavimentação das pistas de taxiamento e pista de pouso e decolagem, instalação dos sistemas de navegação aérea, pavimentação dos sistemas viários de acesso ao novo terminal de passageiros e do estacionamento de veículos. O novo terminal de passageiros terá um acesso viário exclu- s ivo. No projeto está previsto, além de um novo sistema viário na área interna do sítio aeroportuário, a construção de uma ciclovia interligando as avenidas Dante Micheline e Fernando Ferrari. As obras viárias já foram iniciadas e sua conclusão está prevista para terminar junto com o novo terminal. O acesso ao terminal existente não será alterado. A Infraero acredita que com o fi m das obras poderá tornar o aeroporto de Vitória ponto alternativo de tráfego aéreo na região Sudeste, além do atendimento local.