Detectives Selvagens 2- Medo - Page 57

poesia I Dia após dia, batalha após batalha, temo me perder e no buraco negro da incultura cair, e aí suicídio consciente cometer. Ainda quero, quero um verso percorrer, num poema descobrir o que escrito não está. Encontrar irmandade num soneto, na Antologia, uma vida reviver. 57