Date a Home Magazine | Jul / Ago / Set 2014 - Page 50

va a tia-avó e a loja de alta-costura onde a avó era gerente. Foi na mesma cidade que estagiou, depois da formação em Arquitetura de Interiores e Artes Decorativas. Filha de pai brasileiro e mãe francesa, o seu trabalho transparece as duas culturas. A simplicidade típica de Niemeyer alia-se ao estilo clássico parisiense. À influência das raízes junta-se a das viagens, “Abrem-nos a cabeça para novas ideias”, explica, reforçando que a inspiração está em todo o lado, “Se passar um cão mesclado à frente de um portão de uma determinada cor, pode ser uma inspiração!”

Para ela, a magia está na criação, que nasce quase de um sonho e depois torna-se palpável. A recom-pensa é a mudança na vida do cliente. “Pode ser um começo ou recomeço. Como um empurrão!”

O seu percurso tem sido low-profile, mas sempre em evolução, “como uma semente que virou árvo-re e que ainda não é uma sequoia gigante ameri-cana!”, explica, metaforicamente, o crescimento natural da carreira.. A abertura do seu atelier é prova disso. O espaço mistura peças ecléticas numa harmonia perfeita e oferece conforto para o

COVER STORY | bpm's em alta! | Catherine Cabral Interiores

50