Date a Home Magazine | Jul / Ago / Set 2014 - Page 44

REPORTAGEM | Personalidades | Conversas de Vão de Escada

ada para uma pequena mailing list. A ambição era dirigirmo-nos a todos aqueles que se posicionas-sem como investidores, pois, regra geral, a habita-ção é o maior investimento que as pessoas fazem nas suas vidas. Na altura obrigávamo-nos a que a newsletter fosse patrocinada monetariamente para que revertesse inteiramente para uma insti-tuição. Em cerca de seis edições angariámos mais de 10 mil euros para instituições. As entidades patrocinadoras escolhiam quem ajudar e entrega-vam os donativos diretamente. A ideia era aprovei-tar o conhecimento para quem mais necessita.»

Em 2009 o Pedro Rodrigues sai do projeto e o Gonçalo Nascimento cria o blogue registado com a marca Out Of The Box. «Foi uma consequência nor-mal, na tentativa de chegar mais rapidamente às pessoas. O site norte-americano de análise finan-ceira sobre o mercado imobiliário, Seeking Alpha foi uma inspiração.» Mais tarde, em 2011, desen-volve, também, a empresa onde trabalha atua-lmente como consultor financeiro.

Hoje, a dinâmica do blogue vai bem mas a ambição de chegar a todos não foi cumprida. «O Out Of The Box é uma ferramenta técnica, e jamais deixaremos de lhe dar esse cariz técnico porque não dá para tratar o assunto com a ligeireza com que tem sido tratado em Portugal.» São publicados apenas dois artigos por semana uma vez que a ideia não é inun-dar os leitores com informação. «Nós não somos condensadores, e tudo o que escrevemos é origi-nal, sai das nossas próprias cabeças e experiência, não é replicado de lado nenhum. Hoje, posso afir-mar que o Out Of The Box é um blogue não comer-cial, dirigido aos profissionais do mercado, de fundos de investimentos, mediadores imobiliários, avaliadores, pessoas que se interessam pela área e que nos reconhecem como uma mais-valia.» Sempre com questões que permanecem na ordem do dia uma vez que o setor imobiliário continua a precisar de se reinventar. «O mercado imobiliário português continua com males fundamentais, te-mos pouca procura interna, o imobiliário está a ser alimentado por investidores estrangeiros

44