Date a Home Magazine | Jul / Ago / Set 2014 - Page 111

Amor À Primeira Vis(i)ta | Arrendar Com Paixão | REPORTAGEM

111

O Amor à Primeira Vis(i)ta é algo difícil de explicar, no entanto tentamos perceber junto do João Silva, quais as sensações que polvilharam o seu coração e lhe toldaram a mente, quando a seta do cupido o atingiu. Pela sua mudança de cidade, o João já vinha disponível para viver mesmo no coração do Porto. “Por questões profissionais tive que vir viver para o Porto. Sendo de Lisboa e para tentar tirar o máximo de partido de mudar de cidade decidi procurar uma casa o mais perto possível da baixa.” Ao longo da nossa conversa, percebemos o que o João valoriza quando procura a sua casa metade. “A relação entre localização e conforto é o mais importante. Como gosto de tirar partido das casas onde vivo e não ser-virem apenas para dormir tento sempre encontrar a casa mais confortável possível nas zonas em que decido viver.” E foi precisamente por esta preferên-cia do conforto em relação ao espaço, que este cupido conseguiu ser tão certeiro. “Vindo morar sozinho espaço não era a prioridade. Procurava mais uma casa confortável, em que me sentisse bem durante as minhas horas de descanso. E também uma casa em que me sentisse bem receber amigos para jantar.” Quando esta casa lhe endereçou tão belo pedido de namoro, ele não teve como resistir. “De facto a empatia foi imediata.” A localização e o