Date a Home Magazine | Jan / Fev / Mar 2015 - Page 99

Ele tem uma missão!

Conheça a sua causa.

É habitual a atuação de design-ers de interiores em casas par-ticulares, em escritórios, lo-cais públicos, lojas, mas num Hospital Veterinário será uma novidade, pois não associamos estilo ou conforto a um hos-pital destes, não é?

Os arquitetos estão capacitados por formação e experiência para ca-raterizar o espaço habitado em to-das as suas vertentes. Penso que pensar um hospital veterinário é tão natural e importante como pensar um escritório, uma casa ou um cen-tro comercial.

Considero igualmente que pensar este tipo de espaços não constitui uma novidade, no meu entender existe ainda em Portugal pouca tra-dição na contratação deste tipo de serviço, uma vez que a grande maio-ria não entende realmente a neces-sidade deste tipo de intervenção.

O estilo e nomeadamente propor-cionar conforto aos trabalhadores e clientes da clinica foi um fator bas-tante decisivo para as opções esté-ticas, formais e funcionais deste projecto.

Que se teve em conta, ao ima-ginar os clientes do espaço em questão?

Este tipo de espaço tem clientes com comportamentos e necessida-des muito distintas, nesse sentido temos vários parâmetros comporta-

Ele adora dormir e brincar às escondidas, têm o "ronronar" mais romântico de sempre, volta a dormir e no meio desta agenda preenchida ele defende uma causa e é o único gato do país com emprego! O seu salário é pago com comidinha da boa e mimos até à 5ª casa.

Já conhece o gato

mais famoso de

Portugal?