Date a Home Magazine | Jan / Fev 2014 - Page 85

Consultório Feng Shui | CRÓNICA

sola como ferramenta, aplica o “Baguá”- uma grelha com nove áreas, cada qual correspondendo a dife-rentes aspetos da vida, simbolizados por um tri-grama. Com esta análise sabemos que áreas da nossa casa influenciam determinadas áreas da nossa vida.

Esta grelha deverá ser aplicada sobre a planta geral da casa, colocando o setor do Caminho de Vida (casa 1) sobre a parede onde se situa a porta de entrada principal (“norte” virtual). A Escola Intuitiva ou “Chapéu Preto” começou na década de 80, quando Lin Yun, proveniente de Hong Kong, começou a ensinar Feng Shui na Califórnia. Um dos seus alunos foi Bill Spear, que no início da década de 90, levou o Feng Shui para o Reino Unido. Os ensinamentos da escola “Black Hat" eram essencialmente de uma natureza intuitiva. Este sistema com conceitos mui-to simples teve aceitação imediata pelo público oci- dental em geral.

A Escola das oito direções foi desenvolvida pelo inglês Simon Brown, é chamado o “Feng Shui con- temporâneo” e a análise é feita de acordo com as características do centro da habitação, falhas ou extensões, posição dos compartimentos segundo os setores, localização da porta de entrada, orientação das camas e secretárias. A grelha das 8 direções é utilizada para determinar o padrão de energia chi existente na habitação. É usada a bússola e faz-se a medição da direção do dorso da construção em relação ao norte magnético. Depois com a planta da casa determina-se o centro da habitação, a frente e o dorso e faz-se a observação do exterior, interior e mobiliário existente de cada compartimento. As sugestões para harmonizar os ambientes são de acordo com os princípios das 5 transformações e as sensações das energias de cada setor.

A Escola da Bússola - Feng Shui Clássico têm várias Escolas: Fei Sin ou Estrelas Voadoras é a que uso. É usada a bússola chinesa Luo-pan e faz-se a medição da direção da construção em relação ao norte ma-gnético.

Numa consulta de Feng Shui Clássico é feito um mapa energético da casa, a planta é dividida em 8 setores e temos quatro zonas com energia favorável e quatro zonas com energia desfavorável. No rela- tório da consulta são feitas as sugestões de harmo-nização dos espaços e de cura, de modo a reduzir a influência da energia negativa. O método das Es- trelas Voadoras dá-nos um mapa energético que muda a cada período de 20 anos, a cada ano e mes-mo a cada mês.

Nota muito importante: nunca sobrepor métodos (por exemplo Escola Intuitiva com escola Feng Shui Contemporâneo – 8 direções).

O Feng Shui dá-nos instruções para melhorar a ener- gia do ambiente onde vivemos e trabalhamos. Para todas as situações menos agradáveis, o Feng Shui oferece soluções, que passam pela procura do equi- líbrio entre o yin e yang, pela harmonia entre os cinco elementos e os pelos vários setores da casa.

Uma casa com um chi saudável e harmonioso, onde haja boa energia, onde o chi flua harmoniosamente proporciona uma vida mais equilibrada aos seus ha- bitantes.

Metaforicamente, a nossa casa é o nosso “segundo corpo”. A forma como tratamos a nossa casa tem uma verdadeira influência no nosso corpo físico e nos acontecimentos que ocorrem na nossa vida.

Com o Feng Shui podemos aprender a reconhecer e distinguir as energias positivas e negativas e tam- bém a aprender as sugestões de forma a aumentar o fluxo positivo de energia chi..

85