Date a Home Magazine | Jan / Fev 2014 - Page 80

80

REGIÕES | Arrendar Oeste Com Paixão | Lugares Preciosos

Convento de Mafra

Uma Viagem ao Passado

Existem lugares carregados de história. O Convento de Mafra é um deles. Percorrer as suas salas é regressar ao passado. Fechamos os olhos e podemos imaginar Reis e Rainhas, vestidos exuberantes e bailes sem fim. Quantas pessoas pisaram o mesmo chão. O chão onde se ergue soberbo este monumento, que só existe por uma razão. Porque as promessas são para se cumprir.

Mandado construir no século XVIII por D. João V, o Palácio-Convento de Mafra resultou de uma promes-sa. Se o motivo foi o desejo de des-cendência ou a cura de uma doen-ça não existem certezas. Certo, po-rém, é que daí nasceu o mais im-portante monumento barroco em Portugal.

Famoso pelos carrilhões, reza a história que o monarca indagou o custo de um. O valor era alto, con-siderado inacessível a um país pequeno. Ofendido, encomendou

dois. Na biblioteca há manuscritos religiosos ainda em pergaminho e uma primeira edição dos Lusíadas impressa em 1572, respira-se a sabedoria inscrita nos livros, pro-tegidos por uma curiosa "legião " de morcegos que os salvam de in-setos nocivos.

Percorrendo o Convento visualiza-mos o dia a dia dos frades. Na Basí-lica, a paz invade-nos e nas salas do Palácio admiramos obras de enorme valor. Aqui sentimo-nos reis e rainhas, a recordar..

Quais as SENSAÇÕES?

Nos espaços conventuais revivemos a rotina dos frades.

Na Basílica, a beleza esmaga-nos e a paz invade-nos o coração.

No Palácio, imaginamos bailes do passado.

Na biblioteca sente-se o odor da sabedoria.

TEXTO de raquel barreiros | FOTO : Padlock (DOCUMENTAÇÃO)