Date a Home Magazine | Jan / Fev 2014 - Page 123

123

Um Novo Propósito | UPCYCLED

Todos nós temos em casa objetos que já não utili-zamos. Roupa, mobiliário ou objetos do dia a dia.

O que fazer com eles? A maior parte tem normal- mente um único destino: o caixote do lixo. Mas quando nos desfazemos de algo perdemos em dois sentidos. Por um lado, ficamos sem um objeto no qual investimos ou que podia até ter um valor sentimental. Além disso criamos mais lixo, o que prejudica o ambiente.

E se existisse uma fórmula mágica para aproveitar aquilo que já não usamos ou que simplesmente está estragado ou ultrapassado? Já existe e chama-se upcycling.

Quem pensa que é o mesmo que reciclar engana-se. Na reciclagem o material passa por processos químicos e físicos. Destrói-se um produto para cri-

ar outro. Gasta-se energia para transformar o material e muitas vezes não é possível aproveitar tudo.

No upcycling o método é totalmente diferente. Utiliza-se a maior parte possível do produto ou mesmo todo, evitando os processos necessários na reciclagem. O objeto original continua a ser o personagem principal no trabalho de criação.

Como o próprio nome indica, o upcycling caracteriza-se pela transformação de produtos inúteis em algo novo e de maior valor. Mais do que reciclar, é reinventar . E reinventar no sentido de melhorar, de elevar.

Mas não é só o ambiente que beneficia. Todos saem vencedores. Para estes objetos é um novo mundo de possibilidades. Evitando um fim de vida triste, podem renascer em algo útil e de bom gosto. Já os artistas ganham mais espaço para dar asas à sua criatividade. E para o consumidor é uma oportunidade de possuir algo original e único.

A questão que se coloca é: poderá uma mala de viagem ser uma poltrona? Poderá um pneu velho transformar-se numa floreira? Poderão garrafas de vidro tornar-se um candeeiro? É claro que podem. Tudo é possível. Só é preciso ter imagi- nação..

TEXTO de RAQUEL BARREIROS | foto de CADEIRA RENDADA