Date a Home Magazine | Jan / Fev 2014 - Page 101

Entrevista | Arrendar Aveiro Com Paixão | REGIÕES

de criar imóveis sustentáveis, bem como com o enquadramento espacial. Outros aspetos bastante importantes são o seguimento das tendências, principalmente ao nível das necessidades dos clientes, que se vão alterando com o passar dos tempos. Consideramos ser também bastante im-portante valorizar o próprio espaço habitacional, pela criação de variadas zonas de arrumação, boas áreas ao nível de espaço, bem como proporcionar uma boa eficiência energética e um bom isola-mento acústico. Para isso, é nossa prioridade a uti-lização equipamentos assinados pelas melhores marcas ao nível mundial. Projetamos mesmo a cria-ção de parcerias com Universidades, nomeada-mente com a Universidade de Aveiro, com o desi-derato de desenvolver projetos de habitações autosuficientes.

Na sua opinião, o que leva uma pessoa a escolher determinada casa para viver?

Essencialmente, o que determina, na maioria das vezes, a escolha de uma casa é a localização. O arquiteto responsável, o promotor e o construtor são também, por vezes, fatores decisivos. A qua-lidade de construção e os acabamentos deter-minam sempre, e em maior ou menor escala, a op-ção final. Penso que o que as pessoas procuram é uma casa “chave na mão”, onde as preocupações inerentes à mudança sejam as menores possíveis.

Como vê o factor “decoração” no bem estar de uma casa?

A decoração do espaço habitacional é funda-mental, tanto para o nosso bem-estar, como para o nosso equilíbrio. Na decoração valorizamos bas-tante a parte sensorial, pela grande preocupação com as cores implementadas ou pela simples disposição de todos os objetos, como uma cama ou mesa de cabeceira. Na verdade, sigo a corrente de pensamento Feng Shui, que privilegia o necessário para conservar as influências positivas que exis-tem em determinado espaço e redirecionar as ne-gativas.

Como vê o mercado do arrendamento atual na região de Aveiro?

Vejo o mercado do arrendamento como uma so-lução à impossibilidade de acesso ao crédito. No fundo, constitui uma boa alternativa para quem vê a hipótese da compra limitada. Na minha opinião, é uma hipótese rentável para quem compra e para quem arrenda..

101

projeto: LOINVESTE RESIDENCE

projeto: EVERGREEN (V - ISOLADA)

projeto: EVERGREEN (Interior)