Date a Home Magazine | Abr / Mai / Jun 2015 - Page 53

trar no mercado musical, e nessa al-tura sim, a proximidade de Lisboa permitiu que me deslocasse facil-mente durante os anos em que tra-balhei na zona de Lisboa, quer como músico ao vivo, quer posterior-mente, em estúdios da região. Com o passar dos anos fui equipando o meu estúdio em casa, e por motivos óbvios, passei a fazer a grande mai-oria dos meus trabalhos por cá, e assim me mantive até hoje!

Foi autor e compositor de três temas nos Festivais da Canção: em 2003 com "Prazer no Peca-do", interpretado por Rita Guerra; em 2008 com “Poder da Mensagem” a que Tucha deu voz e voltou em 2012 com “Um Poema Na Bagagem”, defendido por Arménio Pimenta. Este ano o convite também surgiu?

Este ano não houve qualquer con-tato direto por parte da RTP, fui sim, abordado pelo responsável por um dos sites ligados ao Festival da Canção, na altura em que ainda an-davam a fazer convites a vários pro-dutores/compositores, e questiona-do acerca da minha disponibilidade. Respondi que não estaria disponi-vel, e continuarei a não estar en-quanto o Festival da Canção for aquilo a que temos assistido nos úl-timos anos, com o qual não me identifico musicalmente!

Depois de mais de quatro anos sem gravar e mais de sete sem lançar um disco de inéditos, lança em 2014 "Tudo tem um tempo".

Entrevista | PERSONALIDADES |

CITADIN

(adj.)

Chic and modern city-dweller;

Characteristic of someone who

lives in the city or lives a city life;

Carefully crafted in Portugal.

citadinshoes.com