Date a Home Magazine | Abr / Mai / Jun 2015 - Page 118

The Green Chef trabalha com produtos orgânicos, ingredientes naturais, evi- tando os processados e refinados, dan-do preferência aos legumes e frutas lo-cais e sazonais assim como os frutos secos, fazendo deles protagonistas em refeições nutritivas, saudáveis e cheias de sabor.

Por norma evito comer doces, mas uma vez que se aproxima a Páscoa, e não havendo muitas opções para os vegans, gosto da ideia de um bolo colorido e delicioso em cima da mesa, feito à base de farinha in-tegral.

Esta receita é inspirada no bolo típico americano Red Velvet (Veludo Vermelho), cujo nome se deve à sua sumptuosa cor. Durante a Segunda Guerra Mundial, perante a falta de ingredientes, os pasteleiros des-cobriram que o sumo de beterraba cozida não só era um ótimo corante natural, como era também muito efi-

| GASTRONOMIA | Crónica de Sarah Maraval | The Green Chef

THE

GREEN

CHEF

118 bpm's

palavras E receita de: sarah maraval

iMAGEM DE: pADLOCK (ARQUIVO)

caz em manter a humidade do bolo, evitando que este secasse e que assim durasse mais tempo. O Red Velvet tornou-se famoso quando o ilustre Waldorf-Astoria Hotel, em Nova Iorque, fez dele uma das suas mais celebres sobremesas.

Para o Bolo

250 g farinha integral para bolos

125 g açúcar de cana integral (granulado)

20g cacau em pó (sem adição de açúcar)

1 c. chá bicarbonato de sódio

1 c. chá sal

210ml leite de amêndoa (sem adição de açúcar)

1200ml óleo vegetal

2  c. sopa extrato de baunilha

12  c. sopa vinagre branco

30ml de sumo de beterraba cozida