Cinema, Destination Image and Place Branding Cinema, Destination Image & Place Branding - Page 89

A MARCA ‘ROLIÚDE NORDESTINA’ COMO INDUTORA DO TURISMO CINEMATOGRÁFICO política pública, econômica e cultural, e se a indução do turismo à região efetivamente se concretizou, em um processo de reutilização do território sob nova ótica. Partindo do pressuposto de que os ‘stakeholders’ envolvidos no processo, seja a comunidade local, agentes culturais, o poder público e os turistas, sejam beneficiados pelo processo, aumentando a participação dos primeiros no desenvolvimento econômico do município, pensando-se em um contexto cultural, político e geográfico, a reflexão entre mercado cinematográfico, território e turismo será exposto à academia e à sociedade, tema praticamente lacunar nas Ciências Humanas e Sociais no Brasil. Para se atingir este objetivo, a metodologia de pesquisa envolveu três etapas sequenciais: i) Análise bibliográfica e documental- institucional: nesta primeira etapa, reali- zou-se uma pesquisa da produção bibliográfica presente em fontes primárias, como livros, teses de doutoramento, dissertações de mestrado e em artigos científicos publicados no Brasil e no exterior, assim como periódicos eletrô- nicos e a rede mundial de computadores, a partir, também, de sites específi- cos, como o da Empresa de Turismo da Paraíba S. A. (PBTur), Empresa Brasileira de Turismo (EMBRATUR), entre outros, assim como dados quantitativos secun- dários (IBGE). A temática cultura, economia da cultura, turismo, cinema e o uso do espaço e do território, envolvendo uma discussão interdisciplinar entre Geografia Humana, Turismo, Sociologia Urbana, História e Filosofia também foi respaldada através de visitas ao Instituto Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP), Fundação Espaço Cultural/ Arquivo Público do Estado da Paraíba (APEP), Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba (BC/ UFPB), Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba (IHGP), Museu Cinemato- gráfico de Cabaceiras e a Secretaria de Educação e Cultura de Cabaceiras. ii) Trabalho de campo: visita ao município, durante a ’Festa do Bode Rei 2013’, onde registra-se um aumento do fluxo turístico, com a aplicação da meto- dologia qualitativa, a partir de entrevistas realizadas com turistas, mora- dores locais, agentes turísticos- culturais e funcionários públicos, assim como a conversa informal com moradores locais. Assim, neste percurso metodológico procedeu-se uma postura fenomenoló- gica, através da observação dos fatos vividos e seus significados, com o intuito de se desvendar o fenômeno para além da aparência, onde o objeto de est Y\B]\H۝[YB