Cinema, Destination Image and Place Branding Cinema, Destination Image & Place Branding - Page 7

INTRODUCTION This book brings together a set of studies presented at the International Con- ference “Cinema, Destination Image and Place Branding” which took place on 21 - 22 October 2015, in Vila Nova de Gaia, Portugal, as a parallel event of the 8th ART & TUR - International Film Festival Tourism. The event’s bilingual character had a direct impact in this publication, since it includes four studies written in Portuguese and five in English. Despite English being considered the modern lingua franca in the world, Portuguese (the host’s country official language) is the third most spoken idiom in the western world, reason enough to justify the option followed by Portuguese and Brazilian authors of writing their works in their mother tongue. Another editorial option was to translate them into English, meeting the expectations of many readers who can- not understand the language of Camões or Fernando Pessoa… Well, each option has its pros & cons! Despite this approach, we hope that readers find this book interesting, providing them useful insights about the topics covered both from a theorical and a practical perspective. INTRODUÇÃO O presente livro agrega um conjunto de estudos apresentados na Conferência Internacional “Cinema, Destination Image and Place Branding” que teve lugar a 21 e 22 de outubro de 2015, em Vila Nova de Gaia, como evento paralelo do 8º ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo. O caráter bilingue do evento teve reflexos diretos na presente publicação, uma vez que do conjunto de nove estudos aqui publicados, quatro são publicados em Português e cinco em Inglês. Apesar de o Inglês ser a língua franca do mundo moderno, a língua do país anfitrião desta conferência é a terceira mais falada no mundo ocidental, razão mais do que suficiente para justificar a opção seguida pelos autores portugueses e brasileiros que optaram por não traduzir os seus trabalhos. A opção inversa, que consistiria em traduzir os referidos artigos, estaria mais em conformidade com as expectativas de muitos dos leitores que não sabem quem foi Camões ou Fernando Pessoa… Mas, enfim, cada opção tem determinadas return to the content page 7