Cinema, Destination Image and Place Branding Cinema, Destination Image & Place Branding - Page 104

CINEMA, DESTINATION IMAGE & PLACE BRANDING o que exige uma adaptabilidade da oferta turística. É mais informado, mais exi - gente e desenha a viagem à sua medida, mostra-se mais sensível aos preços, à segurança e ao meio onde se produz a viagem. Por isso, tem uma maior abertura para considerar opções e tipos de viagem baseados em ofertas que nascem de modelos colaborativos nas suas diferentes modalidades. O turista do atual milénio não busca apenas um destino mas uma experiência inesquecível. A sua consciência é ambiental, sociocultural e económica e, perante isto, os mercados avançam com produtos mais experienciais, mais segmentados e mais personalizados. Eclodem novos produtos e novos destinos e, por consequência, a competitividade e a diferenciação. Logo, com a quantidade disponível de destinos e produtos turísticos concorrenciais, nunca antes, foi tão importante o desenvolvimento do branding e sobretudo, do brand image de destinos e produtos turísticos. O produto turístico gastronomia e vinhos tem uma importância relevante na experiência cultural de um destino turístico e da sua marca identitária. Uma cozinha que utiliza ingredientes autóctones não só ajuda a construir um destino turístico, como poderá ser uma das suas maiores atrações (Jeou-Shyan Horng, and Chen-Tsang (Simon) Tsai, 2012). A gastronomia é um atributo do destino turístico, por isso, criar estratégias eficientes para posicionar e comunicar corretamente e de forma eficiente os atributos dum destino turístico é ambição de todos. Mais ainda, considerando a importância da gastronomia no seio do Turismo Cultural, há uma crescente tendência em promover os destinos turísticos com base na gastronomia local, nomeadamente através dos audiovisuais, em que as imagens evidenciam as várias dimensões sensoriais que concorrem nas experiências gastronómicas. O branding do destino refere-se à capacidade que um destino tem de traba- lhar e de gerir a sua marca e de adequar, de uma forma consentânea, os recursos existentes no destino com as necessidades dos visitantes com o objectivo de oferecer ao visitante uma experiência gratificante que corresponde às suas necessidades e que corresponda à imagem que eles têm do destino em si - a Tourism Destination Image. Ora, no ato de promoção, o turismo tem sua própria linguagem (Dann, 1996), a Language of Tourism, e a nossa investigação analisa a presença desta linguagem nos filmes da categoria Gastronomia e Vinhos do Festival ART&TUR do ano de 2014. 104 return to the content page