Cientistas: feminino e plural CientistasFemininoEPlural - Page 92

bastaram. Havia um empecilho mais intrínseco e imutável: ser uma mulher na ciência. Em entrevista para seu perfil no livro Memória da Bioquímica no Paraná, de autoria de Myrian Del Vecchio de Lima, publicado em 2012, Glaci relembra momentos em que se viu prejudicada pelo seu gênero. Como quando voltou à Porto Alegre, em 1959, para receber o título de doutora em Química Biológica. Já contratada como pesquisadora pela UFRGS, tentou abrir um laboratório na cidade, mas não teve sucesso. “Era tudo complicado, difícil. Um belo dia, perdi a paciência e pedi demissão. Isto foi em 1960. Decidi consultar o Harry Miller, da Fundação Rockefeller, que estava apoiando a maior parte da pesquisa biológica no país – na época o CNPq não oferecia muito apoio financeiro –, se eles não podiam me financiar um laboratório. A resposta? Me disseram que não investiam em mulher.”, contou. 92