Cientistas: feminino e plural CientistasFemininoEPlural - Page 63

CIENTISTAS: FEMININO E PLURAL A data é imprecisa, mas lá por volta da década de 90, ela, ainda com menos de dez anos, se divertia em parquinhos nada comuns aos colegas: os laboratórios de ciência em que seu pai trabalhava. A mãe, Angela Maria de Souza Almeida, formada no mestrado pouco antes da menina nascer, tratava das borboletas e o pai, Afonso Inácio Orth, das abelhas. O veredito da menina veio logo cedo: seria cientista também. Ao invés dos insetos, optou pelas reações químicas. “Eu tenho paixão pelo que faço. Para funcionar, a gente precisa amar aquilo com que trabalha”. E foi dessa maneira, ainda na infância, que Elisa Souza Orth, 31, pesquisadora catarinense, descobriu um novo amor: a ciência. Esse caso se estende até hoje e já resultou em importantes reconhecimentos de 63