Cientistas: feminino e plural CientistasFemininoEPlural - Page 19

CIENTISTAS: FEMININO E PLURAL literatura médica e científica do mundo, divulgado em 2017, mostra que quase metade (49%) dos artigos científicos publicados são assinados por mulheres. Por outro lado, nas áreas da ciência da computação e matemática, por exemplo, 75% das publicações ainda têm autoria de homens. Outro obstáculo é o efeito “teto de vidro”, a barreira invisível que dificulta a chegada das mulheres até o topo da pirâmide. O fenômeno é perceptível na quebra da presença feminina nos cargos mais altos das organizações. Muitas mulheres no nível mais baixo, poucas no cume de suas áreas. O Prêmio Nobel, agregador do que há de mais importante na ciência, explicita a falta de reconhecimento do trabalho de indivíduos do sexo feminino. Em 2016, nenhuma mulher foi premiada, em nenhuma categoria – os vencedores foram 11 homens. Mas isso é apenas a ponta do iceberg: desde 1901, 97% dos ganhadores de 19