Catálogo de Produtos - Oregon Labware Catálogo - Page 46

Apresentação Informações Técnicas Manutenção Material de Platina - Nunca deixar peças de platina em contato com SiC. - A platina forma uma liga com a maioria dos metais, reduzindo o seu ponto de fusão e ocasionando danos ao material, em especial no caso de metais que já possuem um baixo ponto de fusão, como o estanho, chumbo, bismuto, alumínio, mercúrio e etc... - Outros elementos também podem ser prejudiciais à platina, mesmo que em pequenas quantidades, como o arsênio, boro, fósforo, silício e enxofre, e alguns metais pesados como o zinco e o antimônio, além de outros metais citados anteriormente. - A presença de carbono e/ou compostos orgânicos podem acarretar na redução de alguns compostos químicos, liberando dessa forma alguns elementos metálicos, que podem danificar a platina devido à formação de uma liga, como citado anteriormente. - Os materiais que serão fundidos no cadinho de platina deverão estar totalmente oxidados, caso o material não esteja oxidado totalmente agentes oxidantes deverão ser utilizados. Deve-se sempre garantir que o ambiente seja suficientemente oxidante. - A contaminação externa de peças de platina, ocasionada pelo seu contato com uma superfície suja, por exemplo, pode ocasionar danos ao material. Recomendamos portanto que sejam utilizados somente pinça e suporte revestidos de platina e/ou suportes de porcelana. Peças em platinas também não devem ser manuseadas sem luvas. - Não imergir pinças revestidas de platina em ácidos ou bases, devido ao perigo do líquido penetrar entre a pinça e o sapato, ocasionando corrosão. - Utilizar peças de platina separadamente para amostras que contenham impurezas perigosas como chumbo, enxofre e fósforo. - Nunca utilizar o bico de Bunsen para realizar a limpeza de peças de platina. - Minimizar ao máximo os danos mecânicos às peças de platina. 43