Café com BlackBerry Edição 1, Abril 2013 - Page 6

Destaques 2003: Lançamento do BlackBerry 7230, uma poderosa ferramenta com um sistema mais simples mas não tão menos potente, com teclado físico QWERTY e tela colorida para facilitar a leitura de textos, sites e agenda. Foi utilizado por muitos empresários, executivos e também muito usado nos cinemas de hollywood. Ele que deu Início ao smartphone =). 2004: Lançamento do BlackBerry 7520, um pouco parecido com o 7230, porém já acompanha uma antena, da operadora Nextel com tecnologia iDEN 800 com PTT e com as mesmas características, teclado QWERTY, tela colorida e sistema operacional da mesma versão. Evolução do BlackBerry O BlackBerry nasceu em 1999 como um pager bi-direcional (RM850), que podia ser integrado aos servidores de e-mail corporativos usados nas empresas, criando uma solução de e-mail móvel. Depois surgiram os Smartphones com os famosos botões: Trackball e Trackpad! O BlackBerry, um fenômeno de vendas global, foi desenvolvido pela empresa canadense RIM (Research In Motion), fundada em 1984 por Mike Lazaridis e introduzido no mercado americano em janeiro de 1999 com sua primeira versão em preto, após algumas décadas de pesquisas. Foi somente com o desenvolvimento do seu filho mais famoso que a empresa conseguiu destaque no mercado de tecnologia. O produto se tornou uma ferramenta indispensável para receção automática de e-mail, no caso de usuários móveis, além de funcionar também como celular (fato que ocorreu em 2001) e permite a troca de mensagens de textos, acesso à internet, oferece funções de organizador pessoal e aplicativos para dados empresariais. Os aparelhos BlackBerry deu início ao termo “Smartphone”. Uma das técnicas para promover o produto era distribuir aparelhos para os executivos em grandes eventos, como conferências, para que usassem de graça durante todo o dia. O resultado não poderia ser diferente. Em vez de prestarem atenção nas palestras, os participantes ficavam o tempo todo ligado nos aparelhos. Muitos executivos compraram o aparelho no fim do dia, antes mesmo de mandarem seus gerentes de compras fecharem um plano empresarial. Em poucos meses milhares de empresas de grande porte se livraram dos Palm-tops e substituiram pelo BlackBerry. 2005: Lançamento do BlackBerry 7290, com dimensão de 114x74x23mm e tendo apenas o peso de 139g, possui bateria suficiente pra falar por 4 horas ininterruptas com opção de sincronismo e conexão com o computador pelo cabo usb. No mesmo ano teve o lançamento do BlackBerry 7100i, novo modelo, menor, do Nextel com PTT e tecnologia iDEN. Não possuia câmera embutida e seu teclado não é QWERTY e sim SureType (com 3 letras por tecla). 2006: Lançamento do BlackBerry 8800, Quad-Band com suporte a redes GSM/GPRS, EDGE e também com tecnologia Bluetooth 2.0 e Wi-fi para acesso a Internet rápida. Sua tela de 320x240 pixel e com teclado QWERTY completo, além de 64mb de memória Flash e slot para cartão MicroSD. No mesmo ano teve o lançamento dos modelos BlackBerry 8703e que trabalha com tecnologia CDMA 800/1900, medindo 110x70x20mm e pesando ape nas 135g. 2007: Lançamento do BlackBerry Pearl, aparelho com mais recursos e suporte multimídia e tocador de MP3 embutido e câmera fotográfica. O modelo era equipado com uma bateria que permitia o usuário falar por mais de 3h ininterrúptas e permitia ficar ligado em stand-bye por até 360h. Os modelos do Pearl foram o 8100, 8110, 8120 com tecnologia GSM/ GPRS/EDGE e o 8130 com tecnologia CDMA, Deu-se início ao famoso Trackball. No mesmo ano teve o lançamento do Curve 8300, com tecnologias mais avançadas e bem mais moderlo, com Trackball utilizado como mouse, conectividade é EDGE, com câmera de 2 mega-pixels com flash, tela de 2.5” com resolução de 320x240 pixels, 64mb de memória RAM, slot de cartão MicroSD, plug para fone de ouvido de 3.5mm e suporte bluetooth. O nome Curve deu-se por conta do seu design arredondado e suave, bem diferente dos modelos anteriores. Com uma série de recursos surpreendentes, o BlackBerry veio para mudar a idéia de que acessar a Internet pelo celular é algo complicado e ineficiente. O aparelho podeia muito bem dar a sensação de que o usuário estava com um microcomputador na palma da mão. No primeiro ano, apenas 25 mil assinantes adquiriram o aparelho e seus serviços, em sua grande maioria, executivos fanáticos por tecnologia que necessitavam acessar e-mail, consultar agendas e falar ao telefone. O novo aparelho levou cinco anos para alcançar a base de um milhão de clientes, mas apenas 10 meses para ter doi 2֖ƌ;VW2