Brasileiros em Paris Brasileiros em Paris - 2017 - Page 20

20 | brasileirosemparis.com Passeios de um dia Reims, um champagne Quem já não ouviu falar, pelo menos uma vez, nos nomes Veuve Clicquot, Pommery, Lanson, Ruinart ou Taittinger? É possível imaginar que a única produção de vinhos es­ pumantes na face da Terra, denominados champagnes, ve- nha de um único e mesmo lugar? Difícil, não? Pois é, mas, na França, tudo é possível e protegido. Localizados a apenas uma hora e meia de carro de Paris, os 32 hec­tares repletos de uvas do tipo pinot noir, pinot meunier e chardonnay e os 120 quilômetros de caves subterrâne­as da cidade de Reims, que atraem 300 mil visitantes por ano, são mundialmente conhecidos graças a essa bebida dos deuses. Apesar de criado no século XVII, o champagne ganhou fama somente 200 anos depois: inicialmente, apenas os religio­sos e os so- beranos tinham o direito de saborear tal delícia. Reims não pode, porém, ser resumida apenas à região do champagne. Antes de mais nada, Rei- ms é, e sempre foi, de­signada como a cidade da consagração dos reis. Tombados por serem considerados parte do Patrimônio Mundial da Unesco, a Catedral Notre-Dame, a Basílica Saint-Remi, o Palácio do Catedral de Reims Tau e o Museu Abbaye Saint-Remi, além de serem monumentos dignos de serem visitados, estão intrinsecamente ligados à historia da França: após o batiza­do do primeiro rei ca­tólico oci- dental, Clovis, no fim do século V, 33 reis fran- ceses foram coroados na Notre- Dame, a mais antiga catedral gótica da Idade Média e que re- cebe, anualmente, um milhão e meio de pessoas. Além da visita pelo centro histórico de Reims, não deixe de passear pelas vinhas e fazer uma degustação nas caves locais, que produzem, por ano, mais de 320 milhões de garrafas. Mais informações sobre Reims no www.reims-touris­me.com ou com um dos atendentes da nossa empresa.