BLOGAZINE - Page 34

34 | Saúde Saúde | 35 AÇÃO DESINTOXIC O N DE FINAL DE A Ansiosos pela época natalícia? Desejosos das iguarias deliciosas que caraterizam o natal? Impacientes com as jantaradas em que se come bem e se bebe ainda melhor? Por: rute milene natal? Ou seja, começar o novo ano com uma limpeza do organismo que ajuda a eliminar as toxinas que se acumularam. Passamos a explicar como se processa e damos algumas sugestões. Na verdade, a antecipação do Pai Natal faz com que o mês de Dezembro seja um mês caótico de emoções, tentações e partilhas. Somos bombardeados com jantares e convívios que ajudam a aquecer as noites frias, começamos o mês a preparar e comer as iguarias natalícias porque sabe melhor “fora da época”, partilhamos chocolates e docinhos. Assim, muitos de nós anseiam pela quadra natalícia, por tudo o que ela representa. Desintoxição Somos bombardeados diariamente com variados fatores que originam toxinas/radicais livres no organismo, tais como poluição, tabaco, stresse, hábitos alimentares desestruturados (consumo excessivo de açúcar, gordura saturadas, álcool, O mês de Dezembro é aceite como o audaz “mês da desgraça”, ou seja, como em Janeiro temos um novo ano, começa um novo ciclo, podemos “asneirar” à vontade. É o mês para todos aqueles que sabem que vão exagerar, “passar das marcas”, comer em demasia, evitar o exercício físico e desculpar-se com a época. Alertamos para que sejam conscientes das vossas escolhas, tenham a noção que cada asneira conta como um pequeno retrocesso no vosso sucesso ou manutenção de bem-estar. No entanto, se não vos conseguimos convencer a evitar as “asneiradas”, fica uma sugestão: que tal “desintoxicar” no período pós- b corantes, espessantes, conservantes). A acumulação de toxinas no nosso corpo, mais concretamente no fígado e no intestino, acarreta consequências prejudiciais às funções essenciais ao equilíbrio corporal, que podem consequentemente levar a um envelhecimento precoce das nossas células. Sabemos que o fígado é o órgão responsável por eliminar o excesso de toxinas que agridem o nosso organismo. Por essa razão, há que cuidar dele e de vez em quando dar-lhe um “descanso”. Ao adotarmos hábitos de vida saudáveis (alimentação cuidada, exercício físico regular, relaxamento), podemos prevenir a ação dos radicais livres e toxinas nas nossas células. Porém, desintoxicar o organismo e dar um “descanso” ao fígado, en- volve caraterísticas um pouco mais profundas e a eliminação temporária de muitos dos fatores maléficos à nossa harmonia corporal. Desintoxicar significa remover toxinas, promover a homeostasia (equilíbrio) celular, aumentar a capacidade de reparação tecidular, reorganizar o funcionamento metabólico e prevenir o envelhecimento precoce do organismo. Devemos estar atentos aos sinais que o nosso corpo dá em caso de excesso de toxinas, sendo os principais sintomas: • Cansaço • Sensação de corpo pesado • Alterações gastrointestinais • Cefaleias/enxaquecas recorrentes • Olheiras e papos na zona ocular • Falta de energia (sem razão aparente) • Alterações de humor (stresse, euforia, depressão) • Alterações de peso (sem razão aparente) • Dificuldade na manutenção de peso. detox, manter uma alimentação equilibrada e pobre em alimentos considerados prejudiciais. Se ponderam começar uma dieta desintoxicante, consultem um especialista (nutricionista ou endocrinologista) para conseguirem ter uma dieta personalizada e adequada às vossas necessidades. Sugestão de sumos detox: Sumo de mirtilos Ingredientes: • 1 colher de gengibre fresco ralado; • 250g de mirtilos (podem ser congelados); • 1 maçã pequena; • 1 chávena de chá vermelho (frio); Preparação: Colocar tudo numa liquidificadora. Beber e deliciar-se. Dieta de desintoxicação Como funciona? Objetivamente, tem como base a restrição temporária, máximo de 3 a 4 dias, de todas as substâncias potencialmente tóxicas ao nosso organismo e a inclusão de alimentos ricos em antioxidantes e nutrientes benéficos ao nosso corpo. Assim, segue a lista de alimentos “in” que devem estar presentes na dieta e os “out” que têm de ser eliminados. Alimentos “in” Frutas, vegetais, cereais integrais (arroz integral, aveia, cevada, centeio, quinoa), leguminosas (feijão, grão de bico, lentilhas…), frutos oleaginosos (noz, amêndoa, avelã…), sementes (chia, linhaça, abobora, girassol), azeite, gengibre, canela, alecrim, orégãos, peixe, bebidas (arroz, aveia, amêndoa), chás desintoxicantes do fígado (cardo-mariano, dente de leão, ruibarbo, chicória, alcachofra, hortelã, cavalinha, tomilho…), chás antioxidantes (verde, branco, trevo vermelho), água (2 litros). Alimentos “out” Alimentos processados, açúcar, doces, carnes, lacticínios, enchidos, carnes processadas, refrigerantes, fermentos, corantes, fritos, salgadinhos, bolachas, excesso de sal e álcool, café e chá preto. De forma a prolongar os benefícios de uma desintoxicação, é imprescindível, no término da dieta b Sumo de espinafres Ingredientes: • 200ml de água; • 1 chávena de espinafres; • 1 maçã pequena; • sumo de ½ limão; • colher de chá de gengibre fresco ralado; Preparação: Colocar tudo numa liquidificadora. Coar e beber bem fresco. Vá lá, eliminem as toxinas, recomecem o ano com saúde, carregados de energia e felizes.