AMMVI RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2017 - Page 25

Prefeitos de várias regiões do estado e executivos das Associações de Municípios participaram, no dia 4 de abril, em Florianópolis, da reunião do Conselho Político da Fecam. Um dos principais pontos da pauta foi o pagamento dos precatórios. As divergências entre as leis que deliberam sobre o licenciamento ambiental, dívidas com a previdência, aquisição de medicamentos por ata única de registro de preços e Programa Criança Feliz foram outros assuntos debatidos na ocasião. Prefeitos cobram soluções para as rodovias do Médio Vale Manutenção e municipalização das rodovias estaduais que cortam o Médio Vale do Itajaí foram os assuntos tratados pelos prefeitos em reunião, dia 25 de abril, na capital estadual. Liderados pelo presidente da AMMVI e prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi, a comitiva cobrou do secretário de estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro e do presidente do Deinfra, Wanderley Teodoro Agostini, soluções para as condições ruins das rodovias estaduais. AMMVI apresenta programa de gestão pública ao TCE No dia 10 de abril, o secretário executivo da AMMVI, José Rafael Corrêa, apresentou ao vice-presidente do TCE/SC, Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, o trabalho que a Associação vem desenvolvendo na área de gestão pública nas áreas de licitação e contratos, patrimônio e frotas, tributação, controle interno e transparência, custos e recursos humanos. Pagamento dos precatórios dos municípios pauta reunião do Conselho Político da Fecam Na ocasião, a agente de controle interno da AMMVI, Sabrina Furlani, apresentou ao conselheiro algumas especificidades nas áreas de transparência e controle interno. “Estamos assessorando os municípios do Médio Vale no cumprimento da Lei da Transparência, articulando com os órgãos de controle e implementando melhorias que possam apoiar a gestão municipal e fortalecer as ferramentas de controle e fiscalização”, elucidou Sabrina. “Reivindicamos que o Deinfra priorize pelo menos a manutenção dos trechos de Pomerode-Jaraguá do Sul, Doutor Pedrinho- Benedito Novo-Timbó, Gaspar-Brusque, Timbó-Rio dos Cedros, Gaspar-Ilhota e Botuverá-Vidal Ramos”, explicou Colombi. Segundo ele, o mau estado de conservação das rodovias tem prejudicado a economia da região. 25