AboutUS By Hotspotorlando # 27 - Page 39

moda regional, a estilista se juntou ao Grupo de Bordadeiras Fazendo Arte de Ipatinga, uma cooperativa de mulheres que enxergam no bordado uma nova forma de vida. No fim da década de 70, o Patricia Moura cenógrafo dedicou-se a uma série de viagens pelo Nordeste brasileiro, o que lhe proporcionou um contato mais direto com o povo e com suas diversas formas de produção artesanal. Trabalhando juntas, elas deram uma nova roupagem aos tecidos descartados pela Provest Fábrica de Uniformes, aplicando técnicas desenvolvidas em suas oficinas e realizando um intercâmbio de informações com a estilista e sua É neste período que sua vishistória. ita pelo Mercado São José, do Recife, lhe rende o priComo inspiração para o desen- meiro contato com os tecivolvimento deste projeto, a estilista dos “carne seca”, produtos se baseia na obra do artista plásti- de rejeito industrial, utico, arquiteto e cenógrafo Flávio lizados para a limpeza das Império. Império trabalhava a es- máquinas de impressão da cassez de recursos como possibili- indústria têxtil e que por dade criativa, o que influencia di- isso ficavam manchados e retamente Vanuza em seu projeto. borrados com tinta escorrida. Fotos Eduardo Galetto e Ricardo Alves Vanuza Barbara