A Capitolina 5, maio 2014 - Page 15

A Capitolina 14

sobre Udolpho e The Monk. Lewis assume a enor me influência que Radcliffe e Walpole tive ram em sua obra. A habilidade fenomenal de Lewis em lidar com frag mentos poéticos influen ciou inúmeros autores (dentre eles, Walter Scott) e inaugurou uma nova maneira de ler e entender a poesia. Considero essa interligação importante, pois ela é retrato da efervescência cultural e intelectual da época, e acredito que é a partir do diálogo entre autores e obras que os gêneros literários se solidificam e, mais tarde, se modificam. Outro fato que chama a atenção: todas as obras góticas do século 18 fascinaram e também repe liram seus leitores. Uma ótima recepção da obra combinada com uma enxurrada de críticas nega tivas e protestos explícitos por parte dos leitores era fenôme- no recorrente e usual. Todas as obras góti cas que citei neste trabalho tiveram imenso impacto e foram lidas por um vasto público (dentro dos limites da época), mas também foram alvo de inúmeros ensaios queatacavam, em geral, a falta de realismo e de veros- similhança na narrativa.

De qualquer forma, amados ou detestados, os romances góticos da Inglaterra setecentista contribuíram, e muito, para a formação de uma nova era literária no mundo ocidental.

texto de camila mello

Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Doutoranda em Literatura Comparada. Mestre em Literaturas de Língua Inglesa. e-mail: mello.camila@yahoo.com.br

de 2009